Comentário do Beer Sommelier

Uma raridade que até então era mantida a sete chaves pelo monastério de Chimay. Em 1862, os monges da Chimay começaram a fabricar a Dorée em pequenas quantidades, e atualmente essa blond ale era de produção e consumo exclusivo dos monges e trabalhadores do local, sendo servida apenas no Auberge de Ponteaupré. A bebida que o Brasil está tendo a honra de receber pela primeira vez é leve, delicada e refrescante. De coloração dourado escuro, e amargor moderado, apresenta notas frutado, floral, herbal e cravo. E no paladar, explode com sabores de caramelo, especiarias, frutas secas e frutas vermelhas. Uma cerveja limitada, que conquista fãs e encanta a todos.
Bélgica Bélgica

Mais fotos

  • Chimay Dorée- 330ml
  • Chimay Dorée- 330ml
Chimay Dorée- 330ml
O produto que você
queria acabou. =( Confira nossas sugestões para você

Ficha Técnica

  • Estilo
    Belgian Blond Ale
  • País
    Bélgica
  • Ingredientes
    Água, malte, lúpulo e levedura.
  • Cervejaria
    Chimay
  • Teor Alcoólico
    4.8% ABV
  • Temperatura de serviço
    6 °C
Paladar
  1. Corpo
  2. Malte
  3. Amargor
  4. Doce
Visual
  1. Espuma:Boa formação
  2. Coloração:Dourado escuro
  3. Copo:Cálice, taça
Harmonização
Bolinho de bacalhau, ceasar salad, lula frita, massa ao molho de frutos do mar, mexilhões, ostras, ovos mexidos ou omeletes, quiché de queijo, risoto de frutos do mar, sopa de legumes, sushi, tempura, mexilhões ao vinagrete.

Quem viu esse produto, também viu