Ajuda
Quinta Do Crasto Tinta Roriz 2014
Wine.com.br

Sua WineBox
está vazia

Quinta Do Crasto Tinta Roriz 2014 (750 ml)

Quinta Do Crasto Tinta Roriz 2014

Foto ilustrativa

Portugal

Portugal

Tinto

Varietal

Com deliciosos aromas de frutas vermelhas maduras, notas de especiarias, cacau, alcaçuz e nuance floral, esse tinto possui paladar maduro, com bom volume em boca, taninos firmes e bom frescor. Produzido apenas em safras especiais, esse exemplar, elaborado na D.O.C. Douro pelo enólogo Manuel Lobo, é um varietal da Tinta Roriz, que em outras regiões pode ser encontrada com o nome de Aragonês.

— Sommelier Wine
Quinta Do Crasto Tinta Roriz 2014
  • Safra 2014
  • Conteúdo 750 ml
  • Tipo Tinto
  • Classificação Seco
Elaboração
  • Uva Tinta Roriz (100%)
  • Teor Alcoólico 14.5% ABV
  • Amadurecimento 16 meses em barricas novas de carvalho francês.
Terroir
  • País Portugal
  • Região Douro
  • Vinícola Quinta do Crasto
Sommelier Wine
  • Visual Coloração: Rubi intenso.
  • Olfativo Frutas vermelhas maduras, notas de especiarias, cacau, alcaçuz e nuance floral
  • Gustativo Maduro, com bom volume em boca, taninos firmes e bom frescor.
  • Harmonização Penne ao ragu de calabresa, pernil de cordeiro com batatas, queijos maturados, costela suína com risoto de parmesão, costela no bafo, lasanha gratinada.
Serviço
  • Decantação 40 minutos
  • Temperatura de Serviço 16 °C
  • Estimativa de Guarda 6 anos
Dica
  • Como conservar o seu vinho Para o vinho mostrar todo o seu potencial quando for degustado, ele tem de ser armazenado em ambiente fresco, com controle de temperatura e umidade, livre de trepidações e sem contato com a luz.

Sobre a vinícola

  • Quinta do Crasto

  • Ano de Fundação 1923
  • Propriedade 130 hectares
  • Produção anual 6.600 caixas de vinho
  • Enólogo responsável Tomás Roquette
Avaliação dos Clientes

0

Deixe sua avaliação

Você precisa estar logado e ter comprado o produto para avaliá-lo.

Safra
Quinta Do Crasto Tinta Roriz 2014

750 ml
Sommelier Wine:

Com deliciosos aromas de frutas vermelhas maduras, notas de especiarias, cacau, alcaçuz e nuance floral, esse tinto possui paladar maduro, com bom volume em boca, taninos firmes e bom frescor. Produzido apenas em safras especiais, esse exemplar, elaborado na D.O.C. Douro pelo enólogo Manuel Lobo, é um varietal da Tinta Roriz, que em outras regiões pode ser encontrada com o nome de Aragonês.