BVC Bodegas | Wine.com.br

Wine.com.br

Sua Winebox
está vazia

Utiel Requena, Espanha Utiel Requena, Espanha

NÚMEROS
DA VINÍCOLA

1985
Ano
10mil
Hectares
5milhões
Vinhos
70%
Mercado Externo

Safra 2011 de vinho da BVC Bodegas é premiado com Medalha de prata no Wine & Spirit Competition

A safra 2011 do famoso Toro Loco Tempranillo foi premiada com a medalha de prata na tradicional International Wine & Spirits Competition. Essa competição vem, desde 1969, recebendo apoio dos principais produtores de vinho e bebidas do mundo, definindo a referência internacional para a qualidade.
Quality Award

BVC Bodegas Vinos de Productores

Uma vinícola de tradição familiar

Criada em 1985, pelo casal Benoit e Valerie Calvet, a vinícola BVC España é responsável por 40% dos vinhedos da região. Benoit é a sétima geração de uma família vinícola, cujas raízes estão em Borgonha e Bordeaux, na França e que, mesmo com o crescimento, mantém seus valores repassados de geração em geração.

Com mais de 10 mil hectares, a BVC tem bodegas em Rioja, Tierra de Castilla, Ribera del Duero e Cava. O grupo conta também com vinícolas na França e Itália, com a companhia Cantina Malizia. A vinícola, na Espanha, vende aproximadamente 5 milhões de garrafas de vinho por ano e cerca de 70% dos exemplares produzidos são para o mercado externo.

BVC Bodegas: Vinhos Espanhóis

Uma das maiores áreas de produção de vinhos é na Espanha. Os mais diversificados tipos de uvas da região remetem aos anos 3.000 a.C. e, ao longo dos anos, se desenvolveram mais. Além de ser tradicional e reconhecido por aumentar a qualidade em seus produtos, o país é responsável por fabricar alguns dos mais famosos rótulos do mundo.

Família Toro Loco: Vinhos

A linha Toro Loco de vinhos espanhóis pode ser consumida em diversas ocasiões, já que conta com opções de vinhos tinto, branco e espumantes. Conheça melhor as bebidas da BVC Bodegas!

Vinho Toro Loco Crianza

A mistura de frutas e especiarias fazem de seu sabor mais equilibrado e único. O vinho tinto Toro Loco Crianza 2013 é considerado seco e traz dois tradicionais tipos de uva cultivadas na região de Utiel-Requena em sua composição: 90% de Tempranillo e 10% de Cabernet Sauvignon.

Vinho Toro Loco Tempranillo

Tipo de vinho que rompeu com a tradição da Espanha, o Toro Loco Tempranillo 2015 enaltece a uva em seu sabor, não contendo o toque do carvalho. O paladar frutado faz desse vinho tinto, 100% Tempranillo, meio-seco, pois mistura o frescor dos florais com a presença do alcaçuz.

Vinho Toro Loco Reserva

Frutas vermelhas e negras aliadas com especiarias, o vinho tinto Toro Loco Reserva 2011 é feito com uma mistura de uvas cultivadas em Utiel-Requena: 50% Tempranillo, 30% Bobal, 10% Merlot e 10% Shiraz. Por isso, ele reúne um sabor equilibrado e harmoniza bem com alimentos condimentados e mais fortes.

Vinho Toro Loco Blanco

O Toro Loco branco é considerado um dos integrantes da linha de sucesso da BVC Bodegas. Com aromas frutados, florais e cítricos, ele é leve e refrescante. Além de ser um aperitivo perfeito, também pode ser servido acompanhado de saladas, peixes ou até mesmo massas.

Vinho Toro Loco Rosé

Um dos grandes sucessos da linha é o Toro Loco rosé, que conta com aromas frescos e cítricos, misturando cerejas, morango e framboesa. Considerado um vinho seco, ele é leve e tem um aroma particular. Feito a partir das uvas Bobal, é reflexo da tradicional enocultura espanhola.

Espumante: Cava Toro Loco

“Rei dos espumantes espanhóis”, o Cava é considerado um produto de sucesso, já que se tornou conhecido por sua alta qualidade. Esse tipo de uva é famosa por unir complexidade, neutralidade e textura, garantindo muita sofisticação em diversas ocasiões. Conheça!

Toro Loco Cava Brut

Leve e refrescante, o Toro Loco Cava Brut pode ser harmonizado com frutos do mar, culinária oriental e massas. Isso porque ele combina o toque de frutas frescas e florais, sendo considerado um representante dos elegantes espumantes espanhóis.

Toro Loco Cava Brut Rosé

Com sabor fresco e frutado, o Toro Loco Cava Rosé é um dos espumantes de sucesso dessa família espanhola. Ele é considerado expressivo e cremoso, por isso combina com pratos mais pesados e gordurosos.