Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Você conhece a taça ISO?

05 agosto 2016
  • 9772 visualizações
  • 1 comentários

Saiba tudo sobre a taça coringa que pode ser usada na degustação de vinhos e outras bebidas.

Sim, existem diversos tipos de taças, mas é possível encontrar um modelo versátil que supre as necessidades básicas de uma degustação.

A taça é o principal instrumento para uma degustação, seja ela profissional ou informal. É com esse acessório que analisamos algumas características importantes dos vinhos, como a tonalidade e os aromas.

No mundo do vinho, encontramos uma grande diversidade de taças disponíveis, que se diferem no tamanho, no formato, na composição e até na especificidade para determinadas uvas e vinhos como, por exemplo, os elaborados nas regiões de Bordeaux e Borgonha.

Alguns relatos históricos indicam o francês Jules Chauvet como o criador da taça conhecida atualmente como ISO. Esse químico, vinicultor e grande degustador realizou diversas experiências, entre elas, o desenvolvimento da taça. Chauvet também estipulou possíveis medidas e capacidade de volume total, além da quantidade de vinho ideal a ser servido para realçar as percepções aromáticas do vinho.

Dica de leitura:  Você conhece Robert Parker?

Diante de tanta oferta, em 1974, o International Standards Organization ou Organização Internacional de Padronização, mais conhecido como ISO, oficializou um modelo de taça para análise sensorial e degustação de vinhos, que pode ser utilizada para qualquer tipo de vinho: espumantes, brancos, rosés, tintos e de sobremesa. Inclusive, essa taça também pode ser utilizada na degustação de outras bebidas como whisky e rum.

Reconhecida como ISO 3591:1977, essa taça deve ser transparente, lisa e composta por cristal com, no máximo, 9% de chumbo. Sua estrutura com haste e base possui uma abertura mais estreita, com 4,6 cm, em relação a parte mais convexa que mede 6,5 cm. A altura possui 15 cm, divididos entre 10 cm de corpo e 5 cm de haste e base.

Mesmo com capacidade para cerca de 220 ml, o ideal é servir cerca de 50 ml de vinho, pois assim o líquido tem espaço para o movimento circular de agitação, o que proporciona o desprendimento dos aromas devido ao contato com o oxigênio. Esse volume também permite colocar o nariz dentro da taça, local de maior concentração dos aromas.

Dica de leitura:  O teor alcoólico do vinho

Agora que você já conhece a funcionalidade da taça ISO, é hora degustar seus vinhos preferidos. Saúde!

Escrito por: