Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Dia da Europa

08 Maio 2015
  • 1199 visualizações
  • 2 comentários

No dia 09 de maio, é celebrado o Dia da Europa, o continente que mais contribuiu para estabelecer no mundo o conhecimento e a cultura do vinho. Veja mais.

Dos dez países que mais produzem vinho, hoje, no mundo, cinco são europeus: França, Itália, Espanha, Alemanha e Portugal. O Velho Continente foi o responsável por difundir a vitivinicultura e, além disso, detém os países com maior consumo per capita da bebida.

Nada mais justo do que exaltarmos a pátria dos tantos exemplares tradicionais, nobres e saborosos, no Dia da Europa.

Um símbolo europeu

Inicialmente, o dia foi dirigido, em particular, à comunidade escolar. Atualmente, constitui um dos símbolos da União Europeia, sendo uma oportunidade para desenvolver atividades de celebração, que aproximam os cidadãos do continente.

Os principais símbolos europeus, considerados de grande importância para a identidade europeia, são a bandeira, o hino, o lema, a moeda e, veja só, o Dia da Europa.

O dia 09 de maio foi escolhido como o Dia da Europa por ter sido nessa data, no ano de 1950, que Robert Schuman, o então ministro francês dos Negócios Estrangeiros, apresentou uma proposta com as bases fundadoras do que é, hoje, a União Europeia.

Dica de leitura:  As curiosas adegas submarinas

Essa proposta, conhecida como a “Declaração Schuman”, baseada numa ideia originalmente lançada por Jean Monnet, outro político francês, trazia consigo valores de paz, solidariedade, desenvolvimento econômico e social, equilíbrio ambiental e regional.

Devido ao fato de esse dia ter sido considerado o marco inicial da União Europeia, os Chefes de Estado e de Governo, na Cimeira de Milão de 1985, decidiram consagrar o dia 09 de maio como o Dia da Europa.

Confira alguns exemplares europeus marcantes:

França:

Champagne Montaudon BrutChampagne Montaudon Brut: com notas de mel, pão e fermento no aroma, esse champagne, que conquistou 92 pontos Wine Spectator, preenche o paladar com sua cremosidade, frescor e delicada perlage.

Itália:

Tenuta Sant'Antonio Valpolicella Superiore Ripasso Monti Garbi 2012Tenuta Sant’Antonio Valpolicella Superiore Ripasso Monti Garbi 2012: os taninos são firmes e maduros, com toques de pimenta negra e muita fruta madura. A paixão de quatro irmãos pelo mundo do vinho, deu origem à Tenuta Sant’Antonio.

Dica de leitura:  A vez dos vinhos brancos

Espanha:

Toro Loco Cava BrutToro Loco Cava Brut: Toro Loco Cava Brut apresenta aromas de frutas frescas como abacaxi e pêssego, com nuances de damasco e pão integral e, em boca, é fresco e leve.

Alemanha:

Dr. Loosen Dr. Loosen “Dr. L” Riesling Trocken Qualitatswein 2013: vinho com aroma de frutas, notas florais e minerais, sutilmente doce e fresco em boca. Ernst Loosen, em 1996, comprou a J.L. Wolf, vinícola fundada em 1756 e localizada na região de Pfalz.

Portugal:

Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2010Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2010esse vinho de perfil moderno, com aromas intensos, concentrado e redondo em boca recebeu a Medalha de Ouro no Concours Mondial Bruxelles 2013.

Escrito por: