Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Histórias de amor e vinho

12 junho 2015
  • 1103 visualizações
  • 0 comentários

No Dia dos Namorados, confira histórias para lá de inspiradoras, que provam que amor e vinho andam sempre juntos.

A começar pela Eliane Perez Pateis (Vinhedo, SP) que tem uma história de longa data com o mundo os vinhos e, desde o namoro, compartilhou com o Thiago Horácio, hoje seu esposo, o gosto por apreciar um bom vinho. O resultado: ambos se tornaram apaixonados pela bebida.

Tanto que decidiram selar sua história com os vinhos em pleno casamento, com uma cerimônia especial, a cerimônia do vinho (foto acima).

Comprei um vinho com tempo de guarda para 10 anos, o Porto Ferreira Tawny e, no casamento, colocamos os votos dentro da caixa que só será aberta no nosso aniversário de 10 anos de casados. Quando chegar a data, faremos a renovação dos votos e apreciaremos o a bebida que ficou guardada todo esse tempo. Afinal, acreditamos que nosso casamento amadurecerá e ficará melhor ao longo dos anos, assim como o vinho.

Dica de leitura:  Receita de Quinoa com legumes e frutas secas

Eliane Perez Pateis

Histórias de amor e vinho

Outra história que merece ser contada é a da Bruna Gomes Rodrigues e seu esposo Bruno Maia (Belo Horizonte, MG). Aqui, o vinho serviu de cupido para unir mais um casal e a Bruna conta tudo com detalhes. Olha só:

“Nossa história começou em um domingo qualquer, em uma festa no bar da prima dele, na qual soubemos que haveria um dia do vinho. Ele me olha, sem nenhuma vergonha, e pergunta: Fechou, então? Podemos vir tomar vinho fim de semana que vem? Ele nem era fã de vinho e alguns meses depois assumiu a desculpa. Mesmo assim, cobrei a promessa. Hoje, dois anos depois desse primeiro convite, somos apreciadores convictos! Ele tomou gosto pela bebida e, agora, esperamos brindar juntos para o resto de nossas vidas!”

Histórias de amor e vinho

A história dos Sócios ClubeW Alyssa Martins e Álvaro (Salvador, BA) é outra que não poderia ficar de fora. Quem nos conta um pouco do que já passaram é a Alyssa. Confira:

Dica de leitura:  Bonarda: a queridinha da Argentina que você precisa conhecer

“Eu e o Álvaro namoramos à distância por um longo período até que ele conseguiu ficar de vez em Salvador. Com ele por perto, acertamos os pontos e ficamos em harmonia. Ao passar do tempo, Álvaro virou Alvinho e depois passei a chamá-lo carinhosamente de Vinho. Em janeiro de 2014, ele me pediu em noivado com um jantar lindo e romântico. Regado a muito vinho, é claro! Tenho uma caixinha em que guardo todas as rolhas dos vinhos que bebemos, desde nosso primeiro jantar até o fim de semana passado. Quando tivermos nossa casa, elas ficarão em um lugar de destaque para nunca nos esquecermos de todos os momentos bons que vivemos e ainda viveremos!”

Escrito por: Bia Miranda

Redatora e revisora da Wine, além de perdidamente apaixonada - e curiosa - pelo mundo do vinho.