Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Sobre a pisa das uvas

26 janeiro 2015
  • 1375 visualizações
  • 2 comentários

Entenda um pouco mais sobre a pisa das uvas e sua importância na produção de vinhos, hoje.

A foto acima foi tirada em uma visita dos nossos Winehunters à região da Múrcia, na Espanha, e veio a calhar na ilustração do nosso assunto de hoje: a pisa das uvas.

Esse método tradicional, que consiste em prensar as uvas com os pés para extrair o mosto (suco) que posteriormente irá fermentar e se transformar em vinho, ainda é praticado por diferentes vinícolas espalhadas pelo mundo.

Mas a região onde a pisa se tornou uma verdadeira tradição é o Douro e compreende a faixa de elaboração dos afamados Vinhos do Porto.

O motivo? É que o calcanhar humano proporciona um elevado nível de extração de cor e polifenóis que garantem a qualidade do vinho, sem a quebra das sementes, que podem dar amargor e sabor herbáceo à bebida. Quando esse processo é mecânico, o resultado não é o mesmo.

Mas, por ser uma ação que necessita de muita mão de obra e tempo, hoje, a pisa com os pés é um ato folclórico em muitos locais e em outros, como no Douro, é destinada apenas a grandes vinhos fortificados, pois é apropriada para a produção de exemplares com grande classe e feitos em pequena escala.

Dica de leitura:  Série uvas - Carménère

Vale mencionar que, como esse método se tornou caro, as vinícolas que ainda o utilizam hoje em dia, geralmente, têm um enorme cuidado higiênico com as pessoas envolvidas em cada etapa do processo para que o resultado faça jus ao valor final do vinho.

Pronto! Agora que você já sabe como é a pisa das uvas no mercado atual, caso tenha vontade de entender na prática como é esse processo, a dica é fazer uma visita à Portugal e se encantar com as tradições do Douro.

Escrito por: Bia Miranda

Redatora e revisora da Wine, além de perdidamente apaixonada - e curiosa - pelo mundo do vinho.