Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Sobreiro, a árvore da cortiça

21 setembro 2016
  • 8790 visualizações
  • 2 comentários

Você sabe de onde vem a cortiça que compõe as rolhas? No Dia da Árvore, conheça a Sobreiro, que dá origem ao mais famoso e antigo tipo de vedante.

Ao abrir uma garrafa de vinho, nem imaginamos o longo caminho percorrido pela rolha de cortiça, que vem da casca do Sobreiro, essa árvore linda da foto acima.

Desde que é plantada, o Sobreiro demora cerca de 25 anos para que sua casca atinja a espessura ideal para a produção das rolhas. Após a primeira extração de sua casca, a cortiça só atinge novamente a espessura propícia a cada 9 anos.

Sobreiro

Mas o que é a cortiça, afinal? É a própria casca da árvore, formada por um tecido celular homogêneo, elástico, impermeável e isolante térmico. Para a fabricação da rolha, a cortiça passa por vários processos, cujo primeiro passo é a sua extração da árvore.

Extrair a casca do sobreiro é um trabalho manual, realizado com um machado, que precisa de muita perícia de quem o executa, pois um ferimento no tronco da árvore pode comprometer a nova casca que se formará após 9 anos ou até mesmo pôr em risco a saúde da árvore.

Dica de leitura:  Vinho e comida saudável

Brocagem

Além de originar a cortiça, o Sobreiro tem muitos outros papéis. Ele é uma espécie de carvalho (Quercus suber L.), cuja origem remonta há alguns milhões de anos.

Hoje, está difundida pela região Mediterrânica Ocidental, principalmente, Portugal, Espanha, França, Itália, Marrocos, Argélia e Tunísia. Portugal tem a maior área plantada, 34% do total mundial, e é o maior produtor de cortiça (cerca de 100.000 ton/ano).

Por esses números, já é possível imaginar a grande importância econômica e social dessa árvore. Só em Portugal, em torno de 6.000 postos de trabalho na área de exploração florestal, além de muitos outros na indústria da cortiça e outros trabalhos indiretos são gerados.

A importância ecológica dessa árvore também é surpreendente. Ela fornece a cortiça, um produto renovável e com extração que não agride a natureza, proporciona também a regulação hidrológica, a proteção do solo, a conservação da biodiversidade das áreas onde é cultivada e retira o carbono da atmosfera (cerca de 14,7t de CO2 por ano).

Dica de leitura:  Califórnia - Roteiros do vinho

Ou seja: uma árvore perfeita para nós, amantes do vinho, brindarmos o Dia da Árvore. Vida longa aos sobreiros!

Aproveite para garantir os exemplares ideais para você celebrar a cortiça:

Viñedo de Los Vientos Eolo Gran Reserva 2011Vinho Viñedo de Los Vientos Eolo Gran Reserva 2011 – Um vinho de longo amadurecimento e caráter maduro, com notas de tosta, tabaco e alcaçuz.

 

Ropiteau Frères Meursault Blanc 2011Vinho Ropiteau Frères Meursault Blanc 2011 – De textura volumosa e intensa ao paladar, ele apresenta aromas de flores e frutas brancas com nota de tosta.

 

Refosco La Roncaia DOC Colli Orientali 2011Vinhos Refosco La Roncaia DOC Colli Orientali 2011 – Produzido com a uva indígena típica da Itália, Refosco, esse tinto é aveludado, frutado e possui notas de especiarias.

Escrito por: Bia Miranda

Redatora e revisora da Wine, além de perdidamente apaixonada - e curiosa - pelo mundo do vinho.