Curiosidades

Vinhos fáceis de harmonizar

08 fevereiro 2019
  • 2866 visualizações
  • 0 comentários

Há muita pessoas que ficam inseguras na hora de harmonizar os vinhos com algum prato. Saiba que existem rótulos coringas, para lá de versáteis, fáceis de combinar. Olha só!

Harmonizar um prato com vinho pode ser muito fácil. E a gente garante que não precisa ser um expert no assunto para ter uma experiência prazerosa (e saborosa).

Existem algumas harmonizações que são bem específicas, em que cada detalhe da comida se mescla com uma característica do vinho. Mas e se a gente não souber fazer essa combinação perfeita, vamos deixar de consumir os dois juntos? Jamais!

Existem alguns vinhos com um estilo coringa que combinam com facilidade com várias receitas, principalmente, as que consumimos no dia a dia.

Um exemplo são os espumantes brut como o Espumante Veuve D’Argent Blanc De Blancs Brut e o Espumante Real De Aragón D.O. Cava BrutA boa acidez desse tipo de vinho combina com praticamente tudo, frituras, petiscos, saladas, massas, risotos, peixes e frutos do mar, frango e carne vermelha. Uma das únicas exceções são os doces que, neste caso, um espumante demi-sec combina melhor.

Dica de leitura:  Receita de waffle de queijo

Os vinhos tintos como o Barahonda Campo Arriba 2016 e o Bodegas Alceño Calaña D.O. Jumilla Red Blend 2016, que possuem boa acidez, taninos macios, corpo médio ou de leve para médio, também são exemplares fáceis de harmonizar. O corpo e a estrutura desses vinhos combinam com o peso e a textura da maioria dos pratos do dia a dia, como carnes vermelhas, arroz, risotos, pizzas, massas com molhos de tomate, com carne ou embutidos.

Já os vinhos brancos frutados, com boa acidez, corpo leve ou médio, como o Calyptra Vivendo Reserve Sauvignon Blanc 2017 e o Finca Constancia Parcela 52 Single Vineyard Verdejo 2017 são fáceis de combinar com saladas, peixes, frango e até massas com molho branco e risotos com camarão.

Agora você já sabe que não precisa de um momento especial para abrir uma garrafa de vinho e nem ser um expert para arriscar uma harmonização. Existem muitos rótulos que combinam com os pratos que a gente consome no dia a dia. É só escolher a receita e o vinho que você mais gosta e voilà!

Dica de leitura:  A história por trás dos rótulos

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Nicole Batista

Sommelière e Bacharel em Química, fez imersão em algumas regiões vitivinícolas da Europa e América do Sul.