Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Dicas

4 momentos do vinho no cinema

14 abril 2016
  • 2537 visualizações
  • 0 comentários

Confira frases e aparições do vinho que marcaram a história do cinema.

Que vinho e filmes combinam, disso todo mundo sabe. Tanto, que não é de hoje que a nossa bebida preferida faz bonito nas telonas. Exemplos disso são as frases e aparições que ficaram eternizadas na história do cinema e que fazem menção ao vinho. Veja algumas:

Os vinhos de James Bond

Os rótulos do Château Angélus já apareceram duas vezes em longas da franquia James Bond. A primeira foi em 2006, no 007 Casino Royale (imagem abaixo), e a segunda aconteceu em 2015, em 007 Contra Spectre, que estreou em novembro do ano passado.

O personagem também tem uma frase clássica em que eternizou o champagne Dom Perignon:

“Minha querida, existem algumas coisas que simplesmente não estão corretas, tais como beber Dom Perignon ’53 acima da temperatura de 3C graus. Isso é tão ruim quanto ouvir os Beatles sem protetores auditivos!” James Bond, em Goldfinger (1964)

Foto 1 - chateau-angelus-casino-royale

High Society (1956)

Dica de leitura:  Volta ao mundo em 8 vinhos do Novo Mundo

Neste longa, estrelado por Bing Crosby, Grace Kelly e Frank Sinatra, o champagne aparece em diferentes cenas e abrilhanta e solos e duetos do musical.

Foto 2 - High Society

O Silêncio dos Inocentes (1991)

“Certa vez, um recenseador tentou me pôr à prova. Comi o fígado dele com feijões e um bom Chianti”.

Dr. Hannibal Lecter

Foto 3 - Hannibal

Notorious (1946)

O drama do aclamado diretor Alfred Hitchcock conta como um agente americano chantageia a filha de um nazista para que ela espione um alemão que mora no Brasil. No filme, há uma cena bem marcante e que se passa dentro de uma adega. Uma garrafa de um Pommard 1934, um famoso vinho francês, cai de uma prateleira e se quebra no chão. O episódio é comentado até hoje pelos amantes da bebida e de cinema, claro.

Foto 4 - Pommard

Escrito por: