Enoturismo

Mendoza ao ar livre

16 agosto 2018
  • 675 visualizações
  • 0 comentários

A capital argentina do vinho merece ser cuidadosamente explorada. E, com a chegada da primavera, a dica é desbravar as terras mendocinas sobre uma bicicleta. Saiba mais.

Localizada na região argentina do Cuyo e com uma área quatro vezes maior que a França, a província de Mendoza é o maior centro produtor de vinhos do país.

Estrategicamente estabelecida ao pé da Cordilheira dos Andes, sua capital é também a maior cidade da província conhecida como “a adega da Argentina”, em função de suas mais de mil bodegas – entre pequenos, médios e grandes produtores, que utilizam técnicas avançadas de cultivo, produção e comercialização de vinhos que fazem sucesso em todo o mundo.

O clima desértico é compensado pelo degelo da Cordilheira e as variações de temperatura (dias extremamente quentes antagonizam noites frias) são ideais para o plantio das uvas.

Nona maior região vinícola do mundo e segunda da América do Sul, Mendoza é um dos principais destinos turísticos da Argentina. Seu Malbec é celebrado como o melhor do mundo – embora, curiosamente, a uva que dá nome ao vinho não seja originária de lá e, sim, da França.

Dica de leitura:  Mendoza - Roteiro do vinho

Além disso, o destino é conhecido por sua produção de azeites e pela gastronomia encantadora. E, com a primavera chegando ao Hemisfério Sul neste mês, Mendoza fica ainda mais bonita e convidativa para ser explorada ao ar livre. De preferência pelos famosos roteiros ciclísticos, nos quais os visitantes podem escolher passeios de diferentes níveis de dificuldade, ao lado de guias especializados.

Entre as opções, estão rotas pela arborizada e plana cidade de Mendoza ou, mais concorridos, os trajetos de vinícola em vinícola, curtindo, pelo caminho, parques, bosques, bodegas, restaurantes locais e belas vistas da Cordilheira – uma experiência que pode exigir um pouco mais de preparo físico, mas que, certamente, vale cada pedalada.

Outra ótima escolha é conhecer Mendoza durante o mês de março, época da colheita da uva, momento em que os famosos festivais de vindima acontecem na cidade, que vive a experiência em um clima contagiante. Garantia de boa diversão e excelentes vinhos – e não vai faltar Malbec.

Dica de leitura:  Vinícola exclusiva: Fleur du Cap

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: