Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Experiência Wine

Tudo sobre degustação de vinho: desvende cada etapa e anote seus favoritos

15 Maio 2021
  • 179 visualizações
  • 0 comentários

Confira a ficha de degustação exclusiva da Wine e coloque em prática seus sentidos em cada fase da experiência sensorial!

Você é daquelas pessoas que anotam o nome e as informações do vinho que gosta ou acaba deixando passar? 

Embora muitos pensem que degustação é atividade exclusiva de especialistas, a ideia de dedicar um tempinho a mais para uma experiência sensorial completa pode valer a pena, e começar reconhecendo e anotando as características da bebida pode ser um passo e tanto! 

Para ajudar nesta missão, disponibilizamos uma ficha de degustação exclusiva, chamada Meu Wineverso de Degustação, e vamos reunir aqui tudo o que você precisa saber caso queira se aventurar pela degustação de vinhos. 

Com constância, prática e empenho, é possível tornar-se um grande apreciador da bebida!

Como acessar o Meu Wineverso de Degustação

  1. Acesse a página da ficha;
  2. Preencha os espaços com seu nome, e-mail e demais campos;
  3. Pronto! Seu Wineverso de Degustações será enviado para o seu e-mail;
  4. Acesse, imprima suas fichas de degustação e aproveite o sabor de cada nova experiência!

No papel, dá para anotar as informações básicas como nome, produtor, país e graduação alcoólica e também atribuir uma nota para o vinho degustado, de acordo com sua percepção. Logo abaixo do cabeçalho, há os campos para preencher com a intensidade de doçura, acidez, álcool, tanino, corpo e final.

Explorando os detalhes da degustação

A degustação é uma das maneiras mais prazerosas de explorar cada característica dos rótulos de vinhos, e também de descobrir as preferências do nosso paladar. A degustação é dividida em três fases: a análise visual, a análise olfativa e a análise gustativa. 

Primeiro, fazemos o exame visual do vinho. Ou seja, observar a cor da bebida, que pode indicar detalhes sobre a casta utilizada, estado de conservação e idade. Os brancos, por exemplo, variam entre tons variados de amarelo, enquanto os tintos vão do vermelho até tons de reflexos alaranjados. Nos espumantes, as borbulhas são avaliadas.

O segundo passo é a análise olfativa, em que se revelam os aromas do vinho. Estes aromas podem ser resultado da própria uva, do processo de fermentação alcoólica ou mesmo do envelhecimento na garrafa, e dividem-se em florais, frutados, de especiarias, entre outros. 

A terceira e última etapa, a gustativa, fecha com chave de ouro a degustação. É a hora de perceber o álcool, o tanino e a acidez, além de avaliar se a bebida tem bom corpo e equilíbrio.

Dando os primeiros passos

Para quem está iniciando, a recomendação é escolher vinhos elaborados com uma única uva para degustar. São os vinhos conhecidos como varietais, que mostram com mais clareza as características da bebida. 

Os exemplares das grandes vinícolas funcionam bem nestes casos, porque geralmente são produzidos na intenção de agradar o gosto de diversos perfis de clientes. 

Uma sugestão para começar a degustar é escolher vinhos de uvas diferentes para degustar  em paralelo e sentir suas diferenças. 

Ou mesmo escolher uma uva e experimentar vinhos de países ou regiões produtoras diferentes, como por exemplo um Cabernet Sauvignon do Chile e outro da Argentina. 

Confira nossas sugestões para paladares iniciantes:

Este rótulo gaúcho é harmônico, tem boa complexidade, além de rápidas notas de carvalho. Bom corpo no paladar, acidez equilibrada e taninos macios. Pode ir à mesa com carnes vermelhas bem temperadas, queijos fortes e massas acompanhadas de molho vermelho.

Originária de Bordeaux, na França, a Merlot é uma variedade elegante, caracterizada como dócil, de suaves taninos, expressa frescor e doçura. Este exemplar tem aroma de amora e morango, acompanhados de toques de chocolate, baunilha e cassis. Harmoniza com massas e risotos.

Possui boa estrutura e paladar macio e equilibrado. É um vinho jovem, consumo rápido. Bem versátil tanto nas harmonizações, é uma boa pedida com queijos, massas e carnes.

Feito com as uvas Cabernet Sauvignon, esse vinho tinto produzido pela vinícola Undurraga possui densidade e uma complexidade de sabores super equilibrada. De corpo de leve para médio e taninos macios, vai bem com quibe frito ou massa com molho de cogumelos.

Prepare o ambiente para a degustação

Depois de escolher seus vinhos, o ideal é que separe taças transparentes, e escolha fazer a degustação em um ambiente bem iluminado, com temperatura agradável.

Um fundo branco vai fazer toda a diferença na hora de observar a cor da bebida na taça. Neste caso, pode ser a própria toalha de mesa, ou um guardanapo ou folha de papel. 

Além da preparação do ambiente para a degustação, existem outras dicas indispensáveis para que tudo saia dentro do esperado e a experiência sensorial esteja garantida: 

  • Sirva sempre a bebida na temperatura ideal: para brancos, rosés e espumantes são recomendadas as temperaturas mais baixas, entre 7 e 12 ºC, já os tintos variam de acordo com corpo e complexidade, ficando entre 12º e 18ºC. 
  • Não se prenda às aparências: o vinho vai muito além do preço, da origem e da rolha. Uma dica para quebrar o gelo é propor uma degustação às cegas, sem ser influenciado por rótulos!
  • Não se esqueça de alternar o vinho com água: além de se hidratar e evitar um eventual mal-estar no dia seguinte, a água também vai limpar seu paladar, no caso de degustação com diferentes exemplares.
  • Sirva do vinho mais leve para o mais encorpado: o ideal é começar pelos espumantes, seguir com brancos, rosés e finalizar com os tintos. Ou do menos amadeirado para o mais amadeirado, se for o caso. 
  • Tenha cuidado com a taça: até o calor de nossas mãos influenciam na experiência, já que transferem a temperatura para a bebida. Por isso, segure sempre a taça pela haste.
  • Não encha a taça: o bom mesmo é que o vinho ocupe um terço do recipiente, para que a bebida não esquente antes de você terminar.

E não se esqueça: a degustação é educativa, mas também deve ser uma ocasião divertida, de celebração entre amigos ou familiares, potencializada pela presença de seus pratos preferidos ou dos indicados para acompanhar os vinhos. 

Anotou tudo sobre degustação? Agora que tal ir para a nossa loja escolher seu rótulo favorito para acompanhar essa experiência? Aproveite já!

Escrito por: Wine