Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Harmonização de A a W

Rosé: uma harmonização refrescante e democrática

25 setembro 2018
  • 4443 visualizações
  • 0 comentários

Com a chegada da temporada quente, nada cai tão bem quanto um rosé! Saiba como harmonizar esse vinho com pratos variados.

A primavera chegou! E, com ela, os dias mais quentes – que, naturalmente, pedem por bebidas mais refrescantes. O rosé, é claro, não pode ficar de fora dessa seleção.

Ideal para ser degustado mais geladinho, esse tipo de vinho, ao contrário do que muitos pensam, não combina apenas com receitas mais leves.

Assim como o tinto, o rosé pode vir em versão mais leve ou mais encorpada, o que o torna um coringa das harmonizações, acompanhando diversos pratos – da entrada à sobremesa.

Para os que preferem pratos frios, como ceviche, sushi, cuscuz marroquino ou saladas saborosas, como a caprese, o rosé dá um toque especial, aumentando ainda mais a sensação de frescor.

Petiscos e canapés são boas escolhas também, já que o rosé limpa o paladar e tem acidez ideal para equilibrar com a untuosidade das frituras. Por isso, pode apostar sem medo em iguarias como bolinho de bacalhau, bolinho de arroz, coxinha, pastel, linguiça calabresa e queijos variados.

Dica de leitura:  Florais para a primavera

Frutos do mar, especialmente camarão, também formam uma combinação irresistível. E vale lembrar que carnes, massas – incluindo, oba, pizza! – são outros bons candidatos à harmonização com esse estilo de vinho.

Quer degustar seu rosé com uma sobremesa? Também pode! Doces leves, como o Paris Brest, receita tradicional francesa que é uma espécie de rosquinha de massa fina recheada com creme praliné, são uma ótima pedida.

Agora, é só escolher seu prato preferido, um belo rosé, um cenário inesquecível – de preferência ao ar livre – e dar boas-vindas ao calor!

Escrito por: