Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Bonarda: a queridinha da Argentina que você precisa conhecer

20 setembro 2018
  • 2479 visualizações
  • 0 comentários

Descubra os encantos da variedade tinta Bonarda, uva que não perde em nada para a Malbec.

Quando se fala em Argentina e vinho, a primeira coisa que vem à sua cabeça é Malbec? Acertou, mas abra um espacinho para outra variedade que brilha muito aos olhos portenhos: a Bonarda.

Menos conhecida dos brasileiros, essa uva de origem francesa ganha cada vez mais notoriedade na Argentina, onde é a segunda uva mais cultivada – sim, atrás da Malbec –, ocupando 18.708 hectares, ou 16,47% dos vinhedos destinados às tintas do país, na frente de uvas mais “famosas”, como a Cabernet Sauvignon, a Shiraz e a Merlot.

Também conhecida por Dulce Noir no país, além de ser de fácil adaptação a diferentes terroirs – o que facilita seu cultivo –, a Bonarda se destaca por dar origem a vinhos que geralmente possuem taninos mais suaves, alta acidez, caráter frutado e baixa graduação alcoólica, características que os tornam agradáveis e democráticos, alcançando diferentes paladares, principalmente os mais jovens.

Dica de leitura:  Como ler rótulos de vinhos argentinos

Com tantas qualidades, a variedade já ultrapassou as fronteiras da Argentina e ganhou o coração – e as taças – de apreciadores iniciantes e iniciados de todo o mundo. E você? Já se rendeu aos encantos da Bonarda?

Escrito por: