Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Enólogo: como se tornar um cientista do vinho e tudo mais que você deve saber sobre a profissão

02 setembro 2020
  • 181 visualizações
  • 0 comentários

Nas profissões do mundo dos vinhos, o enólogo é a mais completa, mas eles ainda são escassos no Brasil

Se você é um amante dos vinhos e está pensando em começar uma nova profissão, dá para unir o útil ao agradável e adquirir conhecimento técnico sobre esse universo para se tornar um enólogo. 

O enólogo é o profissional especialista em enologia, que é a ciência que trata da técnica de produção do vinho. “Eno” significa “vinho” e deriva do radical grego “oinos”. Já “lógos” quer dizer “aquele que estuda, que conhece, que é especialista”. 

Ou seja, esse profissional conhece tudo sobre os tipos de uva, a escolha do solo, os métodos de plantio, como colher e fermentar, a melhor forma de engarrafar, potencial de guarda e venda da bebida – entre outros detalhes. 

No Brasil, a profissão é regulamentada desde 2007, permitindo que os profissionais atuem de diversas formas, desde o suporte para restaurantes e adegas, realizar a importação da bebida e até mesmo desenvolver seus próprios vinhos. 

O que é preciso para ser enólogo

Para ser um enólogo, é preciso estudar. 

Existem cursos tecnólogos e de graduação de Enologia, mas quem deseja atuar na área também pode ter formação técnica ou superior em Agronomia.

Durante o curso, o estudante terá disciplinas de entomologia, física, química, microbiologia, entre outras. Ele também aprenderá vinificação, controle de qualidade e análise sensorial dos vinhos, além de outros temas referentes ao assunto. 

Onde estudar enologia no Brasil

Existem poucos cursos de Enologia no país e a maioria fica no Sul, principal região produtora. Confira alguns deles:

Já os cursos de Agronomia são mais triviais e estão disponíveis em todo o Brasil. O ideal é optar por aqueles mais renomados, como o da Universidade de São Paulo (USP) ou o da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Após finalizar o curso de Agronomia, quem deseja trabalhar como enólogo pode realizar cursos de especialização, inclusive no exterior, em países produtores tradicionais como França e Itália. 

Existe curso de enologia em EAD?

Existem muitos cursos à distância relacionados ao mundo dos vinhos. Porém, a maioria não oferece uma certificação de enólogo. São cursos livres, que qualquer um pode fazer sem se tornar um profissional da área. 

Os principais cursos de enologia EAD são os de extensão, ideal para complementar os conhecimentos da formação, e os de especialização, para quem pretende realizar pós-graduação no assunto. 

Já os cursos de Agronomia podem ser feitos em formato EAD. Há diversas instituições que oferecem o curso em nível médio ou superior totalmente à distância ou semipresencial. 

Quanto é, em média, o salário do enólogo?

O salário de um enólogo varia muito e depende, principalmente, da área em que ele irá escolher para atuar no mercado de trabalho.

De forma geral, o salário inicial parte de R$ 2 mil e o teto da categoria é por volta de R$ 5.500. Porém, é possível ganhar muito mais do que isso, com salários que podem chegar a R$ 15 mil. 

Além disso, o enólogo tem o privilégio de se envolver diariamente na história e na cultura de diferentes regiões, viajar bastante pelo Brasil e para o exterior e, é claro, tomar muito vinho! 

Qual a diferença entre enólogo, sommelier e enófilo?

Agora que já entendemos o que precisa para se tornar um enólogo, vale a pena esclarecer a diferença entre esses termos, que podem causar confusão. 

Enquanto o enólogo é aquele que participa ativamente do processo produtivo dos vinhos, o sommelier é o especialista em técnicas e harmonizações – e também é preciso realizar um curso para ser profissional. 

O sommelier costuma atuar em restaurantes, harmonizando os pratos com as bebidas. Mas ele também pode trabalhar na área de eventos, hotelaria, varejo e nas enotecas, além de vinícolas e adegas. É de sua responsabilidade a compra e negociação de vinhos, elaboração de carta de vinhos, armazenamento e conservação das garrafas. 

Por último, o enófilo é aquele apaixonado por vinho, como você que está lendo o nosso blog! É a pessoa que não possui formação, mas muito conhecimento sobre esse universo a partir de sua experiência prática. 

Ser enólogo dará a oportunidade para que os amantes do vinho estejam ainda mais próximos à bebida, além de ganhar dinheiro com essa paixão e sempre degustar bons vinhos!

Escrito por: Wine