Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Profissão Sommelier: tudo o que você precisa saber

31 março 2020
  • 362 visualizações
  • 0 comentários

Conversamos com a sommelière Wine, Cibele Siqueira, sobre os detalhes dessa profissão que reúne entendedores e amantes do vinho

Sommelier, define o dicionário, é o profissional especializado em bebidas alcoólicas, sendo, o mais conhecido, aquele que é especialista em vinhos.
Mas como é a vida de quem trabalha com isso? Como fazer para ingressar nessa área? Conversamos com a sommelière Wine, Cibele Siqueira, sobre tudo isso e contamos para você.

Quando você decidiu seguir esse caminho de sommelière? Por quê?

Comecei faz uns 18 anos. No início, eu tomava vinho com o meu pai. Aí comecei a viajar, gostar desse universo e comprar vinhos diferentes no mercado. Dessa forma iniciei a preferência por certas uvas e ver que alguns vinhos me entregavam mais, o que me levou a ir a eventos de vinho.
Um belo dia, me mandaram algo sobre um curso de sommelier de vinhos no SENAC, em Ribeirão Preto, minha cidade. Depois desse curso, fiz também o direcionado para Sommelier Internacional da UCS-FISAR em Caxias do Sul. Dessa forma, me tornei sommelière profissional e internacional.

O que faz, exatamente, uma sommelière?

Existe muito essa dúvida porque existe o enólogo, o enófilo e o sommelier.

O enólogo é o grande mágico, a pessoa que cuida ali da planta, de toda a estrutura do vinhedo.

O enófilo é o grande apaixonado por vinho e, muitas vezes, manja muito mais de vinho do que o próprio sommelier ou outras pessoas que estudam, porque são pessoas que gostam, que procuram essa cultura.

Já o sommelier, além de vender o produto também tem que encantar o cliente sobre esse produto. O grande papel do sommelier é entender o que o cliente quer.

Muitas vezes, em um restaurante, por exemplo, o vinho que vai combinar com o prato e que esteja em uma faixa de preço tal – o bom sommelier vai indicar isso. Ele sabe ler e entender seu cliente, suas necessidades e seu paladar, e vai indicar o vinho de acordo com o paladar do seu cliente. O mais gostoso é a gente contar e encantar a pessoa com histórias.

Dica de leitura:  Maratona do Vinho

Quais os desafios da profissão?

É uma profissão linda. Criar conteúdo, falar com as pessoas, passar um pouco desse conhecimento é muito legal. Ainda existem muitos egos na profissão, isso é um grande desafio, muita gente que acha que sabe tudo. Aí você está em um meio que a gente tem que manter o pé no chão.
Sou sommelière de uma empresa muito grande, mais de 140 mil assinantes e é preciso ter a humildade todos os dias de entender que eu tenho muito que aprender, o que absorver do mundo do vinho. Conheço grandes sommeliers do mundo do vinho que falam que se sabem 3% desse mundo é muito, e se eu souber 1% do que esses caras sabem é muito.
Gosto de manter uma rede de pessoas que agreguem para mim. Os maiores desafios são esses de passar credibilidade. Sendo mais nova e mulher é um pouco mais difícil.

Quais os pontos positivos de ser sommelier?

O ponto positivo de ser sommelier, para mim, é levar alegria. Costumo dizer que o vinho quando eu coloco na taça é a taça da felicidade. O vinho tanto nas horas ruins quanto nas boas tem que trazer um pouco de alegria, mesmo no seu momento sozinho, no momento com amigos, em um jantar.

Dica de leitura:  Festas da colheita no Brasil

Um bom sommelier além de levar conteúdo, leva o brilho nos olhos na hora que ele abre uma garrafa, independentemente se o vinho é mais simples ou mais complexo. E é uma delícia quando a gente recebe mensagens dizendo que as pessoas se inspiraram na gente, nos vinhos indicados. A interação com as pessoas é muito positiva nesse mundo. Isso faz muita diferença.

Quais dicas você dá para quem quiser seguir essa carreira?

Muitas pessoas me perguntam como começar. Sei que existem outros cursos bons, mas sempre indico primeiro o SENAC, porque é uma escola que geralmente tem em quase todas as cidades. Além de ser super séria, ter estrutura, ser muito legal – o curso dura mais de 4 meses então ele é realmente profissional e muito bacana.
Além disso, a UCS-FISAR que é incrível, uma semana de total imersão no mundo do vinho. A dica é as pessoas irem estudando, lendo livros – do SENAC, WineFoly etc – acompanhar na rede social pessoas que realmente estudam aquilo e não seguir gente que posta sem saber o que está postando.

Acima de qualquer coisa: ter total amor e respeito pelo vinho, independentemente se ele é mais simples ou mais complexo. Sempre existe um trabalho por trás, pessoas por trás e uma história nele.

Acompanhe a Sommelière Wine no instagram.com/bele.wine e também nas edições da revista WINE.


Também no Facebook, pelo grupo Wineverso, nossa somelière tira as dúvidas dos associados.

Escrito por: Wine