Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Experiência Wine

As honrarias de nossos Winehunters

31 março 2017
  • 5604 visualizações
  • 0 comentários

Manu Brandão e Vicente Jorge rodam o mundo em busca dos melhores vinhos para você. Confira os títulos e as condecorações que incrementam os currículos dos nossos Wine Hunters.

Nossos Winehunters passam o ano viajando por todo o mundo em busca dos melhores vinhos para o ClubeW e para o site da Wine. É o emprego dos sonhos, não é?! Mas quem pensa que a vida de Manu Brandão e Vicente Jorge é feita de glamour se engana.

Os caçadores de nossa bebida favorita ficam horas em aeroportos e quase a maior parte do ano longe da família. Sem contar os imprevistos que podem ocorrer em tantas viagens.

Além disso, a profissão requer muito estudo e empenho. Nossos profissionais são os únicos com seis condecorações do mundo do vinho. Prestígio e reconhecimento para poucos. Confira os títulos:

Commandeurs d’Honneur de La Commanderie du Bontemps

A condecoração Commandeurs d’Honneur de La Commanderie du Bontemps foi recebida por Manu em 2014 e por Vicente em 2015. Essa honraria faz deles Comendadores dos Vinhos de Bordeaux do Médoc, Graves e Sauternes.

A La Commanderie du Bontemps é uma confraria fundada em 1949, herdeira de tradições seculares que, desde a sua criação, está comprometida com a promoção e a defesa do vinho de Bordeaux. Para ser nomeado, são analisadas as competências e conhecimentos que o indicado tem sobre os rótulos da região.

A indicação deve ser feita por dois comendadores titulares e o pretendente ao título ainda tem que ter um padrinho. A nomeação é permanente e permite que o comendador represente a região em qualquer evento de vinhos e conte com o apoio e respeito dos produtores do local.

Prud’homme de la Jurade de Saint-Émilion

A condecoração Prud’homme de Saint-Émilion é concedida pela Jurade de Saint-Émilion, a confraria de vinhos mais antiga e prestigiada da França, fundada em 1199. Nossos Wine Hunters receberam o título em 2015. A cerimônia é cheia de história, tradição e simbolismo.

O começo da comemoração é marcado pelo desfile dos jurats pelas ruas, trajados com a famosa capa vermelha. No dia seguinte, os condecorados vão até a mairie (prefeitura) para colocar a capa vermelha e seguir em procissão pelo centro antigo. Daí, todo mundo segue até uma catedral escavada na rocha, onde é realizada a condecoração.

Condecoração Wine Hunters

Hospitaliers de Pomerol

Em 2016, Manu e Vicente foram condecorados a Hospitaliers de Pomerol, a mais exclusiva honraria francesa, que tem 50 anos e é concedida às pessoas que promovem os vinhos de Pomerol pelo mundo.

Dica de leitura:  Série Harmonizações Brasileiras - Espírito Santo

Acontece a cada 2 anos, com uma cerimônia que revive os famosos hospícios construídos no século 12 pelos Hospitaliers de São João de Jerusalém, hoje, a Ordem de Malta. Antigas pedras em que está esculpida a cruz de Malta, símbolo da região, ainda se encontram na região de Pomerol.

Condecoração Wine Hunters

Para perpetuar a memória dos Hopitaliers de Pomerol, as capas dos homenageados são bordadas com uma grande cruz de Malta, com uma concha de vieira, Coquille Saint-Jacques, na junção dos ramos, representando um dos caminhos de Saint-Jacques de Compostelle. O evento aconteceu no impressionante Château de Sales, distinguido por sua torre única, uma construção do século 17, até hoje sob o comando da família Lambert.

Cristian Moueix, do grupo Moueix, um dos mais antigos e respeitados negociantes de Bordeaux que indicou nossos caçadores de vinhos. A família Moueix é, sem dúvida, a mais renomada da margem direta de Bordeaux.

Condecoração Wine Hunters

Ela é proprietária do cultuado Château Petrus, do Hosanna, do La Fleur Petrus, do Trotanoy, do Latour a Pomerol, do La Fleur Gazin, em Pomerol, e do Château Magdelaine e outros em Saint-Émilion. Também produz o grande vinho Dominus no Napa Valley, cuja safra de 2012 recebeu 99 Pontos do Robert Parker.

Cofrades de honra del Vino de la Ribeira del Duero

A história vitícola de Ribera del Duero, na Espanha, une os vinhedos e os vinhos à personalidade e à cultura das pessoas de lá. A primeira referência vinícola da região tem mais de 2000 anos.

Cofradía del Vino de la Ribera del Duero recente foi constituída em 2002, com sede no famoso Castelo de Peñafiel, que também é um museu do vinho, localizado no topo de uma montanha.

Condecoração Wine Hunters

Existem somente duas confrarias na Espanha e a de Ribera del Duero hospeda alguns dos grandes nomes do mundo do vinho como Vega Sicilia, Pintia e Protos. Lá, nossos Wine Hunters receberam o diploma de Cofrades de Honor, em 2016. A comemoração todo ano acontece em um vilarejo diferente. Desta vez, foi em Fompedraza.

Cavaleiros do Vinho do Porto

Manu e Vicente também são Cavaleiros do Vinho do Porto pela Confraria do Vinho do Porto, a mais importante de Portugal, com início em 1945. No entanto, havia muitas dificuldades nessa época para se criar uma confraria independente. Por isso, esse sonho só pôde ser realizado em novembro de 1982, com a constituição da Confraria do Vinho do Porto e sua instalação no Palácio da Bolsa, na cidade do Porto.

Dica de leitura:  Os tipos de vinhos do Porto

Condecoração Wine Hunters

Além de prestigiar o Vinho do Porto em todas as oportunidades, a condecoração deve ser proposta por um Mestre ou pela Chancelaria e aceite em reunião de Capítulo. Os novos confrades recebem as insígnias das mãos do seu Mestre proponente durante a cerimônia, assinam o Livro de Honra da Confraria e recebem o seu Diploma, entregue pelo Chanceler. Os padrinhos de nossos Wine Hunters foram Pedro Branco, da Quinta do Portal, e José Rosas, da casa Ramos Pinto.

Essa é uma das confrarias mais formais. O evento dura cerca de 4 horas e acontece no espetacular Palácio da Bolsa, no Porto. Todos os confrades e convidados formam um cortejo, seguindo a pé, até ao Museu dos Transportes – Edifício da Alfândega do Porto, fundado em 1859, na praia de Miragaia, segundo o projeto do arquiteto francês Jean-François Colson. Por lá, foram realizados o jantar e baile de gala.

Chevaliers du Tastevin Bourgogne

Confrérie des Chevaliers du Tastevin, na Borgonha, nasceu em Nuits Saint Georges, no dia 16 de novembro de 1934, em resposta à crise econômica, com quebras acentuadas de vendas, que deixaram as caves cheias de prestigiados vinhos.

Situado na Route des Grands Crus, itinerário que atravessa os principais vinhedos e vinícolas da Borgonha, o castelo Clos de Vougeot, onde ocorreu a condecoração dos nossos Wine Hunters, uma grande e bela edificação, cuja construção foi iniciada nos anos 1200, é sede de uma das confrarias mais prestigiadas do mundo.

Condecoração Wine Hunters

Até hoje, o seu papel, tanto na significação do terroir, como na propaganda a favor dos vinhos, especialmente os de Borgonha, continua sendo muito considerável. O cerimonial que preside os capítulos é inspirado em Rabelais e em Molière, e oferece um espetáculo muito tradicional, que se caracteriza pelo seu humor, o seu sentido de conveniência e de cultura do vinho. Hoje, tem 12.000 membros, incluindo reis, rainhas e príncipes, industriais, fazendeiros, banqueiros, políticos e artistas provenientes de muitos países.

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Bia Miranda

Redatora e revisora da Wine, além de perdidamente apaixonada - e curiosa - pelo mundo do vinho.