Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Enoturismo

Hungria – Roteiros do vinho

20 outubro 2014
  • 2718 visualizações
  • 0 comentários

Conheça um pouco mais sobre a Hungria e descubra o que esse país tem de vinhos para oferecer.

Quando o assunto é vinho húngaro, na cabeça de muitos vem logo a doce lembrança dos famosos Tokaji. A Hungria, um dos mais antigos países europeus, sempre foi conhecida pelos seus vinhos doces criados na região de Tokaj no nordeste do país.

O Tokaji Aszú foi a bebida preferida de personalidades históricas e é por isso considerado o “Rei dos Vinhos”, e o “Vinho dos Reis” – mas isso você já leu por aqui.

O que talvez você não saiba é que o néctar das uvas de Tokaj é mencionado até no hino nacional da Hungria, tamanha a importância do vinho no país. Contudo, recentemente, a produção de vinhos húngaros cresceu e, hoje, o leque de opções está cada vez maior.

O país conta com 22 principais regiões de vinho. As mais importantes são Tokaj, Kunság, Csongrád e Hajós-Baga, Eger, Villány e Szekszárd. Tokaj fica no nordeste do país, aos pés das Montanhas dos Cárpatos, e é mais conhecida pelo vinho doce chamado Tokaji Aszú, assim como pelas uvas Furmint, Hárslevelű e Muscat.

Dica de leitura:  Tokaji Aszú - “O vinho dos reis e rei dos vinhos”

– Eger, ao norte do país, produz tintos elegantes. Por conta da latitude, os vinhos da região de Eger não são encorpados como os tintos do sul, mas são tão elegantes e complexos que se pode compará-los ao Burgundy.

– Kunság, Csongrád e Hajós-Baja estão localizadas na plana área do sul entre os rios Danúbio e Tisza, também conhecida como a Grande Planície. Essa área é responsável por quase metade da produção dos vinhos na Hungria, que em sua maioria é vinho de mesa.

– Villány é a região mais quente e mais ao sul do país, produzindo os melhores e mais encorpados vinhos tintos do país. As variedades de Bordeaux como a cabernet sauvignon e merlot são de suma importância aqui.

Budapespe - Buda Castle

Em Budapeste, a capital húngara e uma das mais belas cidades do leste europeu, é possível desfrutar de festivais de vinho que acontecem no mês de setembro, no Buda Castle.

Dica de leitura:  A peculiar Tokay

Outra atração à parte é o Lago Ballaton que atrai moradores e turistas no verão para participar de pequenos festivais. Vale a pena se programar para conhecer mais esse país que tem tudo que gostamos… Bom vinho!

Fonte: br.gotohungary.com/variedade-sem-fim
Escrito por: