Diário do Winehunter

A bela região de Châteauneuf-du-Pape, no Vale do Rhône

10 abril 2015
  • 1834 visualizações
  • 6 comentários

A Châteauneuf-du-Pape, que pertence à área vinícola do Vallée du Rhône, é uma das mais nobres e prestigiadas produtoras de vinhos do mundo. Confira!

Por Manu Brandão

Quando visitamos a primeira AOC (Appellation d’Origine Contrôlée) da França, na região do Vale do Rhône, chegamos à cidade mais famosa, a Châteauneuf-du-Pape, onde havia antigamente o Palácio de Verão dos Papas.  Nessa imagem acima, podemos ver o que sobrou do castelo, depois das várias guerras que assolaram a Europa. Vimos também o vilarejo ao redor da ruína, todo construído com as pedras desse imenso palácio.

Foto 2

Conversamos, sempre, para tirar dúvidas e enriquecer nosso conhecimento com a cultura da região. Nessa foto, estávamos tendo uma aula com uma enóloga de um produtor local, a Charlotte. Os fatos mais interessantes do terroir de Châteauneuf-du-Pape é a sua localização – no topo da colina – e o terreno ter somente essas pedras arredondadas que se encontram, com mais frequência, perto de rios. Essas pedras concentram o calor durante o dia e o emanam à noite, garantindo toda a tipicidade da região.

Dica de leitura:  Vinho é afrodisíaco?

foto 3

Aqui, em uma vinícola reconhecida pela qualidade dos vinhos, com uma bela linha de diversidades, nasceu nossa Indicação do WineHunter. Assim, decidimos fazer o primeiro vídeo desse projeto, que surgiu com o objetivo de trazer vinhos que nos marcaram e que gostamos, sem critério de quantidade ou valor.

Foto 5

O Maison Bouachon surgiu com uma família, que nomeia a vinícola, que confeccionava barricas de carvalho para todos os produtores de vinhos do Châteauneuf-du-Pape. Em 1898, a família Bouachon decidiu elaborar seus próprios exemplares e, atualmente, é reconhecida pela altíssima qualidade do seus rótulos, sempre recompensados com prêmios. Inclusive, tivemos dois vinhos fantásticos dessa vinícola no ClubeW Premium de novembro de 2014.

IR_03850

Mais ao norte da região, vimos a denominação Condrieu, reconhecida pela alta qualidade de seus brancos, com uma paisagem incrível, que lembra um pouco a região do Douro, em Portugal.

Dica de leitura:  O dia da uva Chardonnay

O Châteauneuf-du-Pape é uma região que todo apaixonado por vinhos deveria conhecer!

Acompanhe nossas próximas viagens! Até a próxima!

Escrito por: Manu Brandão

Winehunter, francês e nativo de Bordeaux com mais de 25 anos de experiência no mundo do vinho.