Diário do Winehunter

Desbravando a Quinta dos Murças

13 fevereiro 2015
  • 776 visualizações
  • 1 comentários

Entre as preciosidades de Portugal está a Quinta dos Murças. Conheça essa vinícola!

Por Vicente Jorge

Pela quantidade de barricas na foto em destaque, já se nota que vou falar de uma boa vinícola. E vou mesmo, afinal, a visita da vez foi na Quinta dos Murças, que de cara já impressiona com essa sala toda reformada e uma adega modernizada.

A estrutura da vinícola é compacta, organizada e muito bem higienizada. Lugar ideal para abrigar vinhos de reversa, como Portos e tintos incríveis que têm por lá, como o fantástico vinho Assobio.

Mas até chegarmos à Quinta, fizemos um caminho pouco convencional para nós. Saímos do píer ao lado do incrível DOC, (restaurante do competente Rui Paula)  em um pequeno barco de madeira, rumo a outra margem do rio Douro. Olha só o cenário…

IMG_3176

Quando aportamos, a primeira coisa que nos chamou a atenção foram parcelas de vinhas plantadas na vertical, intercaladas com as vinhas em socalcos tradicionais do Douro.

Dica de leitura:  Enólogo: o alquimista por trás dos rótulos

Essa prática foi implantada pelo o fundador da vinícola, que era um apaixonado entusiasta das vinhas instaladas na região do Mosel, na Alemanha.

Vale citar também que são da Quinta dos Murças as primeiras vinhas de altitude do Douro, plantadas desde 1955. Após isso, elas se tornaram comuns na região.

IMG_3184

Ao desbravar essa região tivemos a confirmação do motivo do nome do vinho Assobio: o vento! É  tão forte que fica um zunido constante.

Nessa parcela com solo duro e lascas de xisto, há vinhas de várias idades de touriga nacional, tinta roriz e tinta barroca, todas de excelente qualidade.

IMG_3181

E, claro, não saímos de lá sem experimentar os vinhos. Fizemos uma prova de tanque da linha completa da Quinta dos Murças com o inovador enólogo Luis Patrão.

Dica de leitura:  Bairrada: uma tradição de séculos

As safras 2014 de Assobio rosé e branco estão fantásticas! Os vinhos estão frescos, refrescantes e muito bem equilibrados. Os reservas são um caso a parte, robustos, complexos, incríveis.

Sem dúvida, mais uma visita proveitosa para o nosso precioso catálogo de descobertas.

IMG_3875indicacao-do-winehunter

Escrito por: Vicente Jorge

Winehunter, já lecionou em cursos de sommelier e tem mais de 22 anos de experiência no mundo do vinho.