Diário do Winehunter

Uma aula sobre vinho do Porto na Taylor’s

23 fevereiro 2015
  • 795 visualizações
  • 14 comentários

A cada viagem, um novo aprendizado. Dessa vez, o assunto é vinho do Porto. Confira!

Por Manu Brandão

O vinho do Porto é produzido na acidentada zona montanhosa do Alto Douro, no nordeste de Portugal. Em 1756, as vinhas do vinho do Porto no Douro tornaram-se a primeira área vitivinícola no mundo a ser legalmente demarcada.

O Douro é uma das regiões vitícolas mais bonitas, a paisagem é realmente incrível. A foto no destaque, registro da nossa travessia pelo rio Douro, comprova isso.

Nessa região está localizada a Taylor’s, uma das mais antigas casas de comércio do vinho do Porto, criada em 1692. E foi para lá que nós fomos e tivemos uma verdadeira aula sobre esse tipo de vinho com Luis Sequeira, o diretor da vinícola.

Foto 1 (1)

A Taylor’s é respeitada como um produtor de vinhos do Porto envelhecidos em madeira e detém uma das maiores reservas de vinhos raros envelhecidos em casco. A casa também é conhecida como a criadora do LBV ( Late Bottled Vintage ).

Dica de leitura:  Roteiros do vinho - Douro

A casa ainda possui uma adega que impressiona pelo tamanho, pelo cheiro e pelo silêncio. O solo do ambiente é composto por pedrinhas molhadas para manter o frescor e a umidade. Repara nessa foto.

Foto 2 (2)

Cada ida ao Douro é um novo aprendizado. A região está dividida em 3 grandes sub-regiões:

– O Baixo Corgo que fica no extremo oeste, mais próximo da Serra do Marão. Essa área produz principalmente vinhos do Porto mais leves destinados a serem bebidos relativamente jovens.

– O Cima Corgo ao leste, com um clima mais seco e com rendimentos menores, é o local de muitas das melhores vinhas do Douro. Esta área produz vinhos mais concentrados e com maior potencial de envelhecimento.

– O Douro Superior é a área mais a leste, a mais seca de todas e é a fonte dos melhores vinhos do Porto Vintage, incluindo os Taylor’s Quinta de Vargellas.

Dica de leitura:  Mais aventuras pela Espanha

Dá uma olhada no mapa abaixo e veja como elas estão posicionadas geograficamente.

Foto 4

Outra curiosidade do vinho Porto é que ele pode ser elaborado em diferentes estilos. São eles: Porto Ruby Reserva, Porto Late Bottled Vintage, (LBV), Porto Vintage, Porto (Vintage) Single Quinta Vintage, todos com envelhecimento em garrafa. E Porto Tawny Reserva, Porto Tawny 10 anos, Porto Tawny 20 anos, Porto Tawny 30 anos, Porto Tawny 40 anos e  Porto Colheita, que envelhecem em madeira.

Com tanta variedade, não poderíamos finalizar nossa visita a essa vinícola de outra forma que não fosse uma das degustações mas incríveis que já fiz. A complexidade e a qualidade dos lotes que degustamos tornou a experiência marcante e inesquecível.

Foto 5 (1)indicacao-do-winehunter

Escrito por: Manu Brandão

Winehunter, francês e nativo de Bordeaux com mais de 25 anos de experiência no mundo do vinho.