Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Harmonização de A a W

O match perfeito entre vinhos e pratos vegetarianos

16 Maio 2021
  • 5609 visualizações
  • 0 comentários

Tintos pedem receitas de sabor e textura mais encorpados, enquanto vinhos brancos e rosés combinam com pratos vegetarianos mais leves. Qual você prefere?

A experiência da harmonização é sempre marcada pela busca do equilíbrio entre o vinho, o prato escolhido e nosso paladar. Como as carnes são protagonistas dos preparos em boa parte dos casos de harmonização, muitos pensam que os pratos vegetarianos não têm vez – o que é um erro e vamos provar aqui!

Primeiro, vamos relembrar: o vegetarianismo é o regime alimentar que exclui produtos de origem animal do dia a dia. 

Entre os vegetarianos, há quem use ou não ovos, leite e laticínios na alimentação, mas é consenso entre eles: com criatividade na cozinha, os pratos podem ser cheios de sabor e vão muito bem à mesa com diferentes tipos de vinho.

A equivalência entre o prato e o vinho é uma das regras básicas da harmonização. Então os tintos, por exemplo, pedem pratos mais encorpados, com mais gordura e textura, como risotos, massas, ratatouille, legumes na brasa, assim como os brancos vão pedir combinações com pratos vegetarianos mais leves e frescos, como legumes crus ou salteados, saladas ou algo parecido. 

Uma dica para os iniciantes pode ser a Segunda Sem Carne, campanha internacional que incentiva que as pessoas tirem a carne do cardápio às segundas-feiras. 

Que tal escolher uma receita vegetariana para combinar com seu rótulo favorito no jantar de segunda ou em um outro dia da semana? 

Vinho tinto pede pratos vegetarianos encorpados

Os exemplares de tintos mais leves harmonizam com pratos de massas e risotos de vegetais mais intensos, como berinjela e cogumelos, além de ir bem com pizzas vegetarianas. Abaixo, reunimos dicas de vinhos tintos e combinações com pratos vegetarianos imperdíveis, confira!

Casillero del Diablo Reserva Pinot Noir 2019

Elegante e delicado, este pinot noir é frutado e possui notas de tostado. Combina com receitas variadas: risoto de funghi ou de brie ou mesmo uma bruschetta de abobrinha e berinjela. 

Risoto de funghi

LEmpreinte I.G.P. Pays dOc Merlot 2019

Este exemplar francês tem sabor frutado e jovem, e é também suculento no paladar. É uma excelente pedida para acompanhar pizzas (marguerita ou quatro queijos, por exemplo), além de tortas variadas, ou lasanha de berinjela com molho vermelho.

Pizza marguerita

Marie Louise Parisot I.G.P. Pays dOc Grenache 2019

De uvas colhidas e cuidadosamente selecionadas pelos enólogos nas vinhas de Languedoc Roussillon, no sul da França, esse rótulo traz aromas intensos de frutas vermelhas e bastante frescor. É ideal com pratos clássicos de bistrô francês, conhecidos por serem leves. Combine este exemplar com ensopados, legumes assados ou com pratos à base de tomate ou legumes, como ratatouille, e se surpreenda!

Dancing Bull Califórnia Cabernet Sauvignon 2014

Faz bonito na taça quando servido com polenta mole aos quatro queijos, um clássico dos dias mais frios, ou com lasanha de shitake e queijos de média cura. Com aroma de groselha negra, ameixa madura, notas de chocolate e de especiarias, é um típico tinto californiano e possui um paladar frutado, com taninos macios, acidez agradável e bom corpo. 

E os vinhos brancos? Também podem ir à taça!

Os vinhos brancos geralmente são mais requisitados em dias mais quentes, e são ideais para acompanhar pratos vegetarianos mais leves ou que combinem queijo no preparo. Confira nossa seleção!

Altivo Classic Chardonnay 2020

De sabor leve e frutado, além de acidez agradável, este branco argentino é uma ótima opção para quem está entrando no mundo do vinho. É muito versátil, e pode acompanhar desde saladas a um risoto caprese caprichado de queijo. Wrap de ricota e tomate e tabule completam a lista de harmonizações vegetarianas. 

Esteban Martín D.O.P. Cariñena Chardonnay Macabeo Blanco 2019

Elaborado a partir de um blend inusitado que mescla Chardonnay e Macabeo, que resulta em um vinho aromático, fresco e harmonioso, com final persistente. É ideal para um piquenique no parque ou uma refeição descontraída, com os amigos, e pode acompanhar bolinho de risoto de queijo, crepes variados, o tradicional espaguete ao molho branco ou até mesmo uma quiche de espinafre.

Ernst Loosen Pfalz Edition Pinot Blanc 2019

Frutado, leve e de acidez presente, faz bonito à mesa quando servido com quiche de alho poró, tomates recheados, espaguete ao pesto ou queijos leves. É elaborado em Pfalz, uma das principais regiões produtoras de uva da Alemanha, com a Pinot Blanc, uma uva branca considerada a mutação da Pinot Noir. 

Enclos du Wine Hunter Bordeaux Blanc 2019

Pizza caprese, risoto de limão siciliano (com bastante queijo!), burrata ao pesto e salada caeser podem ornar muito bem com este exemplar, preparado a partir do blend de três uvas importantes em Bordeaux, em edição especial desenvolvida pelos nossos Winehunters. Possui corpo leve e acidez em perfeito equilíbrio com as notas frutadas. 

Rosés também combinam com pratos vegetarianos

Muito apreciados no verão e em momentos de descontração, os rosés também podem ser uma opção deliciosa de companhia para um prato vegetariano bem preparado!

Há versões de vinhos que revelam todo o potencial com receitas vegetarianas simples, como um saboroso curry vegetariano ou um clássico risoto caprese. 

Miles from Nowhere Rosé 2019

Fresco e suculento no paladar, harmoniza bem com pratos leves: ensopado vegetariano com curry ou uma exótica salada picante de papaya.

Baron Philippe de Rothschild Mas Andes Rosé 2019

Vinho de alta qualidade, elaborado com uvas colhidas no momento ideal de maturação. Vai muito bem com salada de brotos com cogumelos refogados com tofu, ou com bolinho de risoto com recheio de queijo, para quem prefere aperitivos.

Bruschetta de queijo com tomate

Sagrado D.O.C. Douro Rosé 2019

Este sofisticado exemplar combina com qualquer ocasião, e é elaborado sob o conceito Vegan Friendly. Para harmonizar, aposte em risoto caprese, tomates recheados, bruschetta de queijo com tomate ou moqueca capixaba de banana da terra.

Durbanville Hills Atlantic View Merlot Rosé 2018

Este sul-africano traz a variedade tinta Merlot vinificada em rosé. Com um estilo fácil de beber, é ideal para eventos durante o dia e para acompanhar cardápios mais leves, como yakisoba de legumes, quiche de palmito com tomate seco ou bruschetta de berinjela com ricota.

Percebeu a variedade de combinações? Escolha qual atraiu mais o seu paladar e corra já para o nosso site para garantir seus rótulos!

Escrito por: Wine