Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Dicas

Culinária da África do Sul: receitas deliciosas para você fazer em casa

02 setembro 2020
  • 42 visualizações
  • 0 comentários

Gastronomia local é bem diversificada e se parece, em partes, com a do Brasil. Harmonização com rótulos locais também é um destaque

Você conhece a culinária da África do Sul? Essa é uma pergunta que deve pegar algumas pessoas de surpresa, até mesmo os amantes da gastronomia. A riqueza que apresenta é um de seus pilares.

Com sabores autênticos e aromas marcantes, reúne características de várias outras culinárias ao redor do mundo. Isso pode ser explicado pela diversidade de imigrantes, muitos oriundos da França, Alemanha, Inglaterra, Holanda e Portugal, que se juntaram aos povos de outros países africanos.

Soma-se a isso a presença de indianos, vindos do Oriente, e dos próprios grupos locais, como os Khoisan, os Sotho, os Xhosa e os Zulu. Portanto, não estranhe quando fizer uma pesquisa por “África do Sul receitas” e encontrar sabores tão contrastantes, de carnes de caça a um pudim com geleia de damasco.

Ficou curioso? Então nos acompanhe nessa jornada gastronômica para entender mais sobre essa culinária tão rica e saborosa, que é, literalmente, um prato cheio para a harmonização com rótulos sul-africanos deliciosos. Confira também os ingredientes e o modo de preparo de algumas de suas receitas tradicionais.

Como é a culinária da África do Sul?

Riquíssima. A nação arco-íris -assim chamada pela diversidade do seu povo (são 11 línguas e dialetos oficiais)- tem muito a ensinar, seja para quem é um iniciante no universo da gastronomia ou mesmo para os grandes chefs de cozinha do mundo.

O ponto central da gastronomia local encontra-se nas carnes, com uma variedade que contempla desde frango, muito comum nas esquinas das grandes cidades, considerado como “comidas de rua”, até variedades mais exóticas, como avestruz e jacaré.

A carne seca e curada é muito apreciada por lá e pode ser usada de várias formas, como o biltong, feito com carne bovina, de caça ou de avestruz, e o droëwors, preparado com salsicha boerewors.

Um detalhe que aproxima em partes a culinária da África do Sul com a nossa é que eles também têm um dos elementos mais conhecidos por aqui: o churrasco. Lá, leva o nome de braai e simboliza o ponto alto das confraternizações.

Com quase três mil quilômetros de costa sul-africana, os peixes e moluscos também se destacam. Um acompanhamento tradicional é o pap, carboidrato à base de milho que é bastante parecido com a nossa polenta, em uma versão menos consistente.

Apenas na capital, Cidade do Cabo, são mais de 600 vinícolas à disposição dos visitantes que desejam experimentar um delicioso rótulo local.

A maioria dos restaurantes de alto padrão oferece menus de degustação completos, que harmonizam as especialidades locais com vinhos para diferentes paladares. Como bem sabemos, deixa qualquer experiência ainda mais deliciosa e marcante.

Nos restaurantes, existe uma clara distinção entre os menus de degustação ocidentais e africanos. Vale experimentar alguns pratos de origem africana, que partem de antílopes e gazelas e passam pelo bobotie, torta de carne coberta com ovos, assemelha-se ao nosso escondidinho.

Esses e outros pratos podem ser acompanhados por chakalaka, espécie de molho feito com tomate e feijão apimentado, que combina com praticamente todos os pratos da culinária sul-africana.

Em relação às sobremesas, a maioria delas é elaborada com base de ovos. O maior destaque é o pudim de malva, que tem uma textura caramelizada esponjosa e leva geleia de damasco. É servida quente, de preferência com sorvete, chantilly ou creme de baunilha ao lado.

E o vinho é uma bebida fantástica para potencializar os sabores, aromas e texturas da culinária da África do Sul. Os rótulos locais são deliciosos e capazes de agradar até os mais exigentes paladares. Inclusive, a cultura do vinho na África do Sul é bem forte.

O site Wines of South Africa mostra que havia 2.778 produtores primários de uvas no país em 2019. Neste mesmo ano, foram exportados mais de 319 milhões de litros da bebida, número significativo, mas que ainda fica atrás de outros anos, como 2013, com seus 525,6 milhões de litros.

Confira também: Western Cape: a gigante sul-africana

África do Sul receitas: 9 opções para fazer na sua casa!

Como comentamos anteriormente, certas receitas da África do Sul se parecem bastante com as que fazemos e consumimos aqui no Brasil. Se você ficou tentado a experimentar, saiba que pode preparar algumas delas no conforto da sua casa! Dá só uma olhada nos ingredientes e no modo de preparo:

1 – Pap

Esse prato original se parece com a nossa polenta, e tem como destaque sua saciedade, ou seja, é ótimo para quando você quer matar a fome de uma maneira simples e prática.

  • 2 a 2 ½ xícaras de água;
  • 1 colher de chá de sal;
  • 2 a 3 xícaras de farinha de milho;
  • Um pouco de manteiga.

Primeiro, deixe a panela esquentar. Depois, coloque a água e, quando ela ferver, coloque o sal.

Em seguida, acrescente a farinha de milho, tampe a panela e abaixe o fogo. Mexa, deixe cozinhar por cinco minutos e, depois disso, coloque um pouco de manteiga e volte a tampar a panela.

Agora, deixe a mistura cozinhar por mais 30 minutos com a panela tampada. Destampe apenas uma ou duas vezes para mexer e tampe imediatamente depois. Na hora de comer, destampe e sirva imediatamente!

Para harmonizar, saiba que o pap combina com o Que Guapo Branco.

2 – Chakalaka

Esse é um acompanhamento bastante saboroso, que pode ser consumido junto com o pap, por exemplo, além de combinar muito bem com praticamente todas as outras receitas típicas sul-africanas. Embora não tenha uma receita única, pode ser preparado assim:

  • ½ xícara de óleo de canola;
  • 2 colheres (sopa) de alho amassado;
  • 3 pimentas vermelhas, sem sementes, bem picadinhas;
  • 2 colheres de sopa de curry;
  • 4 cebolas picadas;
  • 3 cenouras raladas;
  • 2 colheres (sopa) de gengibre picado;
  • ½ kg de tomate, picado grosseiramente;
  • 1 pimentão verde picado;
  • 2 pimentões vermelhos picados;
  • 1 colher de sopa de coentro picado;
  • 1 lata de feijão com molho de tomate (se não encontrar, pode usar a medida de 1 lata de feijão cozido e complementar com algumas colheres de molho de tomate);
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Frite o alho, a pimenta vermelha, o gengibre e a cebola no óleo. Depois, acrescente o curry e misture bem. Em seguida, adicione o tomate e cozinhe em fogo baixo por 10 minutos.

Coloque os pimentões e as cenouras e cozinhe por mais 10 minutos em fogo baixo. Em seguida, cozinhe até que a mistura fique grossa. Então, é só tirar do fogo e adicionar o coentro, sal e pimenta do reino, caso deseje, e está pronto!

Impetu Sauvignon Blanc e Partridge Unfiltered Pinot Gris são boas sugestões de harmonização com essa receita tão cheia de sabor.

3 – Bobotie

Este é um prato que veio da Ásia e é tido como o preferido de Nelson Mandela, ou seja, sua ligação com a culinária da África do Sul passa até pelo paladar de um dos protagonistas da história do país.

  • 2 fatias de pão branco;
  • 2 cebolas picadas;
  • 2 dentes de alho esmagados;
  • 25 g de manteiga;
  • 1 kg de carne magra moída;
  • 2 colheres (sopa) de pasta de curry;
  • 5 grãos de pimenta;
  • 6 folhas de louro;
  • 1 colher (chá) de ervas mistas secas;
  • 2 colheres (sopa) de geléia de manga ou de pêssego;
  • 3 colheres (sopa) de uvas-passas;
  • Pimenta-do-reino preta moída a gosto;
  • 300 ml de creme de leite;
  • 2 ovos grandes.

Pré-aqueça o forno a 180º. Em um refratário, coloque as fatias de pão, ponha água fria sobre elas e reserve.

Em seguida, derreta a manteiga em uma frigideira e refogue as cebolas picadas por aproximadamente 10 minutos em fogo baixo, mexendo regularmente. Assim que as cebolas estiverem ficando douradas, acrescente a carne moída e o alho esmagado.

Misture bem para deixar a receita homogênea e refogue até que fique com uma cor mais forte. Depois, adicione a pasta de curry, as pimentas, as ervas, as uvas-passas, o louro, o sal e a pimenta-do-reino.

Tampe e cozinhe por 10 minutos. Depois, pegue o pão da tigela, esprema bem a água e misture-o com a carne, mexendo bastante. Coloque toda a mistura para ir ao forno por 10 minutos e pressione bem, para ficar compactada. Depois, alise com uma colher.

Para a cobertura cremosa, bata os ovos com o creme de leite e tempere com sal a gosto. Coloque a mistura sobre a carne e leve para assar por 35 a 40 minutos, até que fique bem dourado.

Apothic Crush e Root: 1 Reserva Pinot Noir são boas harmonizações com o Bobotie.

4 – Bunny Chow

Comida de rua super popular, consiste em um pão cozido recheado com curry picante, o que resulta em uma deliciosa combinação.

  • 3 colheres (sopa) de óleo de milho;
  • 2 cebolas picadas;
  • 4 dentes de alho picados;
  • 4 canelas em pau;
  • 6 cravos da Índia;
  • 6 sementes de cardamomo;
  • 2 folhas de louro;
  • 2 colheres (sopa) de curry vermelho em pó;
  • 2 colheres (chá) de sementes de erva-doce;
  • 1 colher (chá) de cúrcuma;
  • 1 colher (sopa) de vinagre;
  • 1 colher (sopa) de gengibre picado;
  • 2 colheres (chá) de açúcar;
  • 2 colheres (chá) de garam masala (mistura de especiarias moídas);
  • 4 colheres (sopa) de masala picante;
  • 5 xícaras (chá) de água;
  • 1 xícara (chá) purê de tomate;
  • 1 ½ kg de carne de cordeiro ou de carneiro cortada em pedaços;
  • 6 batatas;
  • Sal a gosto;
  • ½ xícara (chá) de coentro fresco picado;
  • 1 pão alto para rechear.

Lave a carne e escorra o excesso de água. Em uma panela, aqueça o óleo acrescente canela, cardamomo, cravo, erva-doce e louro. Mexa por alguns segundos e depois coloque pimenta, cúrcuma, cebola, alho e gengibre e deixe refogar por aproximadamente quatro minutos.

Em um recipiente, misture vinagre, açúcar, garam masala e masala picante e mexa bem. Depois, coloque a mistura na carne junto com o sal, misture até que a carne esteja coberta pelo molho e, em seguida, tampe a panela e deixe cozinhar até sair o caldo da carne.

Mexendo esporadicamente, espere que a carne esteja refogada e que o óleo fique na superfície. Coloque a água e cozinhe até amaciar a carne. Em seguida, acrescente o purê de tomate, os tomates picados e as batatas e aguarde pelo cozimento das batatas e pela redução parcial do molho.

Por fim, acrescente coentro, pegue o pão, corte uma tampa, retire o miolo, recheie com o preparo anterior e coloque a tampa de volta no pão. Está pronto!

V9 Gran Reserva Single Vineyard Cabernet Sauvignon harmoniza bem com este clássico entre as receitas da África do Sul.

Veja também: Sustentabilidade na África do Sul

5 – Sosatie

Esse espetinho típico tem o sabor da África do Sul e com certeza é uma ótima pedida para ocasiões descontraídas e alegres com seus amigos e familiares.

  • 1 kg de pernil de cordeiro em cubos;
  • 1 pimentão verde em cubos grandes;
  • 1 pimentão amarelo em cubos grandes;
  • 1 pimentão vermelho em cubos grandes;
  • 2 cebolas em cubos grandes;
  • 20 damascos secos;
  • 400 g de iogurte natural;
  • 1 colher (sopa) de curry;
  • 1 colher (sopa) de açúcar;
  • 1 colher (sobremesa) de coentro em pó;
  • 1 colher (chá) de canela em pó;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto;
  • Espetinhos de madeira.

Misture o iogurte com todos os temperos, adicione os cubos de carne e deixe marinar por 12 horas. Depois, retire-os e seque com um papel toalha.

Monte os espetos, intercalando os cubos de carne com pimentões, cebola e damascos, e grelhe-os. Como acompanhamento, você pode ter um molho de curry, molho de tomate picante e arroz de cúrcuma com uvas passas, entre outras opções.

Harmonize com Root: 1 Reserva Carménère ara uma experiência ainda mais agradável com a culinária da África do Sul.

6 – Torta de leite

A sobremesa é um dos destaques entre os doces na culinária sul-africana. Inclusive, no dia 27 de fevereiro, é comemorado o Dia Nacional da Torta de Leite na África do Sul! De tão deliciosa, ela pode ganhar um lugar especial também nas preparações da sua casa. Veja só:

Para a massa:

  • 125 g de farinha de trigo;
  • 60 g de manteiga;
  • 100 g de açúcar;
  • 1 pitada de sal;
  • 1 ovo;
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó.

Para o recheio:

  • 480 ml de leite;
  • 35 g de farinha de trigo;
  • 40 g de amido de milho;
  • 2 ovos;
  • 3 anis estrelados;
  • 1 pau de canela;
  • 1 colher (sopa) de gengibre picado;
  • 1 colher (chá) de cardamomo;
  • Essência de baunilha.

Comece batendo a manteiga com o açúcar. Depois, acrescente o ovo e misture até ficar homogênea. Em seguida, misture a farinha de trigo, o fermento e o sal e adicione ao creme de manteiga.

Pegue uma forma redonda com 23 cm de diâmetro e forre o fundo e as bordas com a massa. Asse em forno pré-aquecido a 190º, até que fique dourada.

Para o recheio, misture o leite e as especiarias em uma panela e coloque em fogo médio até ferver. Bata o açúcar com os ovos, acrescente o amido de milho e a farinha de trigo e misture.

Aos poucos, coloque a mistura no leite coado, misture e depois leve ao fogo, mexendo por 5 minutos. Recheie a massa assada com o creme, salpique canela em pó sobre ele e leve para gelar até ficar consistente.

Apothic White é a uma ótima pedida para acompanhar esse doce.

7 – Arroz amarelo sul-africano

A receita, bastante tradicional no país, provavelmente surgiu no século XVII. Acompanha perfeitamente bem com carne de veado, língua de boi ou, basicamente, qualquer outra carne. O Bobotie, que ensinamos neste artigo, também é uma ótima combinação.

  • 1 xícara de arroz branco;
  • ½ colher (chá) de sal;
  • 1 ½ colher (chá) de açafrão moído;
  • 3 colheres (sopa) de açúcar branco;
  • ½ colher (chá) de canela em pó;
  • ½ xícara (chá) de uvas passas pretas;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • 1 ½ xícaras (chá) de água.

Em uma panela, misture todos os ingredientes e deixe ferver sem a tampa. Assim que ferver, tampe, deixe em fogo baixo e aguarde de 20 a 30 minutos até que o arroz fique bem cozido e a água tenha sido absorvida. Está pronto!

Esse prato versátil, pode ser acompanhado por uma. Partridge Reserva Malbec Rosé.

8 – Sopa de carne com curry

A sopa é deliciosa para aquelas noites de frio, que ganham um toque especial graças ao seu saboroso tempero com curry.

  • 1 kg de carne bovina em cubos;
  • 2 cebolas picadas;
  • 2 colheres (sopa) de manteiga;
  • 6 xícaras (chá) de caldo de carne;
  • 2 colheres (sopa) de curry em pó;
  • 2 folhas de louro;
  • 2 batatas médias fatiadas;
  • 2 colheres (sopa) de vinagre branco;
  • 2 colheres (chá) de sal.

Derreta a manteiga em uma panela grande. Cozinhe as cebolas e os cubos de carne até que a carne fique dourada e as cebolas estejam macias. Depois, adicione o caldo de carne, o curry e as folhas de louro e cozinhe em fogo baixo por 30 minutos.

Adicione as batatas, o vinagre e o sal e cozinhe por 45 minutos a 1 hora, até que tudo esteja macio. Retire as folhas de louro e sirva quente.

Uma garrafa de Partridge Reserva Pinot Noir fará com que essa receita deliciosa da culinária da África do Sul fique ainda mais fantástica.

9 – Pudim de malva

Ao pesquisar por África do Sul receitas, é bem provável que você se deparará com essa deliciosa sobremesa, que tem uma textura peculiar, parecida com uma esponja, e um sabor bem especial, podendo ser consumida pura, acompanhada de sorvete ou algum outro creme.

Para o pudim:

  • ¾ de xícara (chá) de açúcar;
  • 2 ovos grandes;
  • 1 colher (sopa) de geleia de damasco;
  • 150 g de farinha de trigo;
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio;
  • ½ colher (chá) de sal;
  • 1 colher (sopa) bem generosa de manteiga;
  • 1 colher (chá) de vinagre;
  • ⅓ de copo de leite.

Para a calda:

  • 200 ml de creme de leite fresco;
  • 100 g de manteiga;
  • de 90 g a 150 g de açúcar;
  • ⅓ de xícara (chá) de água quente;
  • 2 colheres (sopa) de essência de baunilha.

Pré-aqueça o forno a 180º. Unte com manteiga uma assadeira de aproximadamente 18 cm x 18 cm x 4,5 cm para evitar que a massa grude.

Bata o açúcar e os ovos até engrossar, adicione a geleia e misture. Depois, derreta a manteiga (sem deixar ferver) e adicione a manteiga e o vinagre a essa mistura.

Peneire a farinha, o bicarbonato, o sal e adicione essa mistura com o leite à mistura de ovos em um processador ou em uma tigela. Bata bem e, depois, despeje em uma forma e leve ao forno pré-aquecido a 160º até que o pudim fique marrom e bem cremoso, o que pode levar de 30 a 45 minutos.

Em uma panela, derreta os ingredientes do molho e mexa bem. Despeje-o sobre o pudim assim que ele sair do forno. Então, é só deixar descansar um pouco antes de servir. Se quiser, pode acompanhar com sorvete de baunilha ou algum outro creme.

Partridge Unfiltered Sauvignon Blanc é um bom vinho para harmonizar com o pudim de malva.

Transforme sua cozinha em um pedacinho da África do Sul!

As receitas da África do Sul são bem diversificadas, como você pôde comprovar. Com influências de várias partes do mundo, o resultado é uma mescla inigualável, que resulta em pratos deliciosos e agradáveis para os mais variados paladares.

Ao fazer um safári enológico na África do Sul, por exemplo, esses serão alguns dos pratos encontrados nos restaurantes, enquanto outros podem ser servidos como comidas de rua. Os sabores marcantes devem ficar gravados na memória de quem experimenta uma culinária tão rica e condimentada quanto a sul-africana.

Qual receita da culinária da África do Sul você mais gostou? Já teve a oportunidade de experimentar alguma delas? Deixe sua opinião nos comentários e não se esqueça de navegar em nossa seção de vinhos da África do Sul para já entrar no clima, especialmente se for preparar alguma delas em sua casa!

Escrito por: Wine