Refrescantes - Brancos e Rosés | Clube Wine | Wine.com.br

Bandeira, hino, clima, você pode até não ter decorado esses símbolos da Alemanha, mas, com certeza, já ouviu falar da fama de suas cervejas. A terra do Oktoberfest, evento que atrai turistas do mundo inteiro, é uma das maiores consumidoras da bebida, com rótulos artesanais e importados para vários lugares, e os ingredientes são bem básicos: água, malte de cevada, lúpulo e muito sabor! Mas e os vinhos, como ficam nessa história? Eles também têm o seu espaço e merecem elogios.

Leves e cheios de personalidade, os rótulos produzidos pela Alemanha são conhecidamente elegantes. O clima e o solo favorecem o amadurecimento das castas brancas e daí surgem preciosidades como um dos da seleção deste mês. O branco escolhido para você é feito com a variedade Pinot Gris (chamada de Grauer Burgunder pelos germânicos), possui aromas de frutas brancas e amarelas frescas e é superequilibrado no paladar.

Existem brancos desde os mais leves até os mais encorpados e complexos (desde o seu processo de produção). Sem falar na beleza visual dos vinhos, que possuem tonalidades das mais suaves até os dourados encantadores. Depois de tudo isso, degustar o rótulo da seleção deste mês vai ser uma experiência ainda mais incrível! Tim-tim!

Já o rosé, elaborado com a Pinot Noir (a uva tinta mais cultivada na Alemanha), também tem paladar frutado, boa acidez e destaca aromas de frutas vermelhas frescas e é igualmente delicioso.

Ambos vieram da região de Pfalz, uma das que mais vem se destacando ano após ano, tanto em produção quanto em qualidade. Ela faz divisa com a França a sul e a oeste, e em relação à área, é a segunda maior do país. Tida como a primeira e mais famosa rota dos vinhos do mundo, inaugurada em 1935, a região está localizada entre as montanhas Haardt e o Rio Reno, no sudoeste da Alemanha, e é considerada a mais seca e ensolarada do país, permitindo o bom amadurecimento das uvas.

Na Alemanha, os vinhos são únicos, sem equivalentes, e já estiveram entre os mais finos do mundo. O país, que possui séculos de tradição, reserva em seu calendário o maior winefestival do mundo, o Wurstmarkt de Durkheim, e não poupa quebras de paradigmas. Exemplos? Os alemães, mesmo vivendo em um clima frio, consomem bebidas que tradicionalmente são tomadas mais resfriadas, como o vinho branco, e chegam a beber o vinho no copo, sem frescura! Muito além dos fermentados, a população da Alemanha não se nega a uma taça e, cá pra nós, com toda essa história, deu até vontade de dar uma provinha, né?

Experiências Refrescantes Brancos e rosés

Experiência com vinhos cheios de frescor e leveza, para você aproveitar no dia a dia.
R$ 100 /mês

Explore os rótulos do mês de Maio

Sommelier Wine | Clube Wine | Wine.com.br
"Esta seleção foi escolhida após a Prowein, famosa feira de vinhos da Alemanha, em um jantar na casa do próprio Ernst Loosen. Já é tradição nossa reunião após a feira, e numa dessas, fomos surpreendidos com esses dois exemplares. Além do Pinot Gris, você vai se deliciar com um Pinot Noir alemão, vinificado em rosé, inédito no Brancos e Rosés." - Manu Brandão, Winehunter

Qual rótulo deseja conhecer primeiro?

Continue Explorando