Apothic: melhores vinhos da Califórnia | Wine

Os vinhos Apothic

Apothic Red

Um blend perfeito, conduzido pelas Zinfandel, Syrah, Cabernet Sauvignon e Merlot. Um clássico da Apothic espera pelo seu bom gosto.

Ícone de seleção premiada

Cheios de história para contar e sabores para degustar

R$ ??,??
SÓCIO WINE
R$ ??,??
Não sócio R$ ??,??

R$ ??,??
SÓCIO WINE
R$ ??,??
Não sócio R$ ??,??

R$ ??,??
SÓCIO WINE
R$ ??,??
não sócio R$ ??,??

R$ ??,??
SÓCIO WINE
R$ ??,??
Não sócio R$ ??,??

A vinícola

A poderosa Gallo Winery

O nome da vinícola é inspirado nas Apothecas: tradicionais adegas subterrâneas. Lugar misterioso, onde viticultores guardavam e misturavam seus vinhos especiais. Isso há mais de 800 anos. A Apothic se destaca no mundo dos vinhos, e quando o assunto é vinho californiano, ela está à frente do seu tempo. Ela pertence a gigante Gallo. E isso já diz muito.

A vinícola é conduzida por Debbie Juergenson, enóloga que cresceu cercada por vinhedos e uma topografia diversa. Seu interesse pelo mundo dos vinhos proporcionou uma jornada incrível de misturas ousadas, que a levaram a ser a pesquisadora na Gallo e enóloga.

Origem

Califórnia: destaque do Novo Mundo

Quando se pensa no local em que mais se produz vinhos nos Estados Unidos, a Califórnia vem em primeiro lugar, responsável por aproximadamente 90% dos rótulos americanos. Sinônimo de variedade, excelência e premiações por todo o mundo.

Em todo o seu território, há uma sequência de pequenos vales, sempre com particularidades em cada um deles (em solo e clima), o que proporciona vários terroirs perfeitos para o desenvolvimento de vinhos de excelência.

Mapa dos estados únidos que indicando o estado da California

Dicas para harmonizar com nossos vinhos

Pratos com frutas

Essas receitas podem ser acompanhadas por vinhos que tenham aromas semelhantes aos da fruta escolhida para compor o prato. O Apothic White, por exemplo, combina com receitas com frutas cítricas e brancas, como risoto de pera com gorgonzola, melão com presunto cru, salpicão de frango com maçã verde ou ceviche com abacaxi. Já o Apothic Crush combina com frutas vermelhas e pretas, como hambúrguer com ketchup de amora, caponata com uva passa, churrasco com vinagrete de morango.

Costelinha ao molho barbecue

O ingrediente principal é o molho. Então, é necessário que o vinho tenha aromas que remetam aos seus sabores, como especiarias, madeira e defumado, e paladar levemente adocicado. Como é uma carne de mastigação média, o tanino também pode ser médio. O Apothic Crush e o Apothic Red são excelentes opções.

Comida japonesa

Um vinho branco de corpo leve para médio, acidez elevada e com final frutado, como o Apothic White, é a escolha ideal para uma refeição japonesa. Pode ser servido do começo ao fim, acompanhando desde pratos frios e crus até as opções fritas.Outra boa alternativa é o vinho rosé, frutado e com boa acidez, é super versátil e combina com pratos mais estruturados, como guioza e salmão grelhado. O Apothic Rosé é perfeito.

Carne na churrasqueira

Quando levada à churrasqueira, a carne ganha sabor tostado e defumado. Vinhos com passagem em madeira que trazem essas notas combinam perfeitamente. Como é o caso do Apothic Dark 2016. É importante também que o vinho tenha tanino bem presente, para ajudar na mastigação, e final frutado para limpar o paladar, como Apothic Red ou ainda Apothic Crush.

Explore

O universo Apothic