Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Harmonização de A a W

Como harmonizar vinhos com tábua de frios

03 fevereiro 2021
  • 88 visualizações
  • 0 comentários

Vai preparar uma deliciosa tábua de frios e está em dúvida sobre o melhor rótulo para uma harmonização perfeita? Confira nossas dicas!

Nada como uma opção democrática para receber pessoas queridas em casa e agradar a todos, não é mesmo? Com uma infinidade de combinações possíveis ao ser montada, a tábua de frios é perfeita para esses momentos!

Agora, se pretende fazer harmonizar vinhos com tábua de frios, os múltiplos sabores da tábua podem gerar confusão no momento de escolher o rótulo ideal. É o seu caso? 

Por isso, reunimos aqui todas as dicas que você precisa para harmonizar vinho com tábua de frios. Confira!

Harmonizar vinhos com tábua de frios: combinação perfeita

Com tantos sabores é difícil acreditar que uma única uva ou blend será capaz de harmonizar com todos os itens presentes na tábua de frios. Mas, existem algumas dicas gerais que ajudam a harmonizar os vinhos e as tábuas de frios com escolhas certeiras. 

A acidez, nesse caso, vai ser o ponto chave ao escolher os rótulos. Como, de uma maneira geral, as tábuas de frios são compostas por itens mais gordurosos – como queijos e embutidos,, a acidez do vinho é a característica mais importante para equilibrar a degustação. Em tábuas que têm predominância de carnes, o tanino torna-se essencial.

Nesse sentido, os vinhos brancos são ótimas opções, ou então vinhos tintos com acidez elevada, como é o caso dos italianos.

No entanto, assim como a combinação entre os petiscos utilizados nas tábuas de frios varia, as harmonizações também são muito democráticas. Você também pode combiná-las com Lambrusco ou ainda espumantes. 

Lembrando que a escolha dos rótulos precisa levar sempre em consideração não só os ingredientes e sabores, mas também a ocasião em que você pretende consumir os produtos – além das preferências dos convidados. Se o evento é a comemoração de uma data especial, por exemplo, um espumante ou um vinho mais refinado pode ser a opção ideal.

Dicas de rótulos:

Queijos e vinhos

As combinações feitas nas tábuas de frios podem variar, mas um item nunca pode faltar: queijos! Se você é apaixonado por eles, é importante considerar os laticínios da tábua como a principal harmonização quando for escolher os vinhos ideais. 

O primeiro passo, nessas situações, é observar qual queijo predomina na tábua de frios. Brie e Camembert, por exemplo, harmonizam perfeitamente com Pinot Noir, pois assim como o vinho, os queijos têm notas terrosas. Agora, se a escolha for por queijos duros, como o Grana Padano, é indicado optar por um Cabernet Sauvignon ou um Merlot para a harmonização. 

Confira outras dicas de harmonização por tipo de queijos

Dicas de rótulos:

Salames e vinhos

Geralmente os sabores mais marcantes da tábua de frios ficam por conta dos salames e embutidos. Sendo opções mais gordurosas, os itens tendem a harmonizar melhor com vinhos de taninos mais evidentes, como o Pinot Noir, Cabernet Sauvignon, Barolo, Tannat e Tempranillo.

A depender das preferências de quem for participar da degustação, ainda é possível optar por vinhos de acidez acentuada e doçura equilibrada, como o Lambrusco ou até mesmo o Moscatel.

Dicas de rótulos:

Castanhas e vinhos

Assim como a maioria dos componentes da tábua de frios, as castanhas assumem uma presença relevante com seus sabores marcantes, além de serem gordurosas, o que faz com que harmonize bem com vinhos jovens, frescos, com uma boa acidez. Principalmente, com exemplares que trazem nos aromas notas de castanhas, como é o caso dos espumantes elaborados pelo método tradicional. 

Dicas de rótulos:

Está pronto para receber pessoas especiais com uma bela tábua de frios e uma harmonização perfeita com vinhos deliciosos? Agora que tal conferir dicas para combinar os rótulos com pratos principais, como receitas com camarão, receitas com filé mignon para harmonizar e vinhos com pratos veganos

Escrito por: Wine