John Duval Plexus Barossa Valley Shiraz Grenache Mourvèdre 2016

  • Austrália Austrália
  • Tinto
  • Seco
  • 750 ml
John Duval Plexus Barossa Valley Shiraz Grenache Mourvèdre 2016

Comentário do Sommelier

John Duval Wines é uma renomada vinícola localizada no sul da Austrália que carrega mais de 100 anos de história. São mais de cinco gerações unindo conhecimentos tradicionais, avanços tecnológicos e respeito ao terroir na produção de vinhos de alta qualidade. Cada vinho é feito de uvas provenientes exclusivamente de vinhas velhas de Barossa, assinatura e estilo distinto da John Duval Wines, conhecido pela elegância, complexidade e estrutura. Esse exemplar é produzido com as uvas Shiraz, Grenache e Mourvèdre, um blend clássico, e ficou 15 meses em barricas de carvalho francês de 300 litros, sendo 13% em barricas novas, para agregar em complexidade, estrutura e amaciar os taninos sem perder as características naturais da uva e a identidade do seu terroir. Esse é um vinho proveniente de vinhas velhas e de baixo rendimento, ou seja, frutas mais concentradas em nutrientes que geram vinhos com maior complexidade em aromas e sabores, e que utiliza técnicas tradicionais de vinificação de baixa intervenção para proporcionar um vinho autêntico. O objetivo com Plexus expressa o amplo espectro de sabores de frutas vermelhas de Shiraz, Grenache e Mourvèdre e também fornecer estrutura com equilíbrio perfeito e final longo. Um exemplar esplêndido!

Ficha Técnica

Uva
Shiraz (53%), Grenache (29%), Mourvèdre (18%)
País - Região
Austrália - Barossa Valley
Classificação
Seco
Vinícola
John Duval Wines
Safra
2016
Amadurecimento
15 meses em barricas de carvalho francês de 300 litros, sendo 13% em barricas novas
Teor Alcoólico
14.50% ABV
Temperatura de serviço
16 °C
Potencial de guarda
10 anos
Decantação
30 minutos
Olfativo
Frutas vermelhas e pretas intensas realçadas por especiarias e notas florais, alcaçuz e ervas secas
Visual
Vermelho-púrpura vibrante
Gustativo
Corpo médio para encorpado, frutas vermelhas e pretas maduras com nuances de especiarias, ampla estrutura, taninos macios e finos, acidez brilhante, final longo, complexo e agradável
Harmonização
Opte por pratos mais estruturados, carnes vermelhas assadas, defumadas ou cozidas, carnes brancas mais intensas, molhos à base de tomate, especiarias, molhos mais intensos ou à base de queijos semiduros. Dicas: costela suína ao molho barbecue, lagarto recheado ao molho madeira, aligot de mandioquinha com mix de cogumelos na manteiga de ervas.