Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Vinho é afrodisíaco?

05 outubro 2016
  • 7528 visualizações
  • 0 comentários

Todos nós, amantes de vinho, sabemos que ele nos traz muitos benefícios. Mas será que a nossa bebida preferida também é afrodisíaca? Confira.

Você já deve ter ouvido falar que o vinho, além de todas as propriedades benéficas à saúde, é afrodisíaco. Essa crença é muito antiga, pois há muitos e muitos anos, os gregos e romanos já cultuavam a bebida como um potente estimulante sexual. De fato, quando degustamos um rótulo, sentimos o corpo relaxar e ficamos mais desinibidos.

Estudos dizem que alguns aromas são responsáveis pelo efeito afrodisíaco. O nosso raciocínio é ativado por todos os sentidos, inclusive, pelo olfato, o mais sensível e desenvolvido entre eles, com seus 345 receptores.

Segundo o perfumista londrino Roja Dove, nós conseguimos distinguir as notas aromáticas que trazem as sensações tonificantes e inebriantes que estimulam a sensualidade e a excitação: jasmim, musgo, lábdano e, principalmente, baunilha. Esses aromas podem ser sentidos nas frutas vermelhas, no anis, no tomilho, na lavanda e na violeta.  Já os aromas que suscitam a atração física são os de especiarias como citrus, sândalo e trufas.

Dica de leitura:  Como os espumantes são feitos?

Além dos aspectos aromáticos, o vinho poder ser considerado afrodisíaco também por mais dois motivos. O primeiro é a descoberta do Instituto Nacional de Saúde Pública de Helsinki, na Finlândia, que diz que uma pequena dose da bebida aumenta a concentração de hormônios na corrente sanguínea e, consequentemente, provoca um aumento da libido.

A outra razão é que o vinho tem a capacidade de fortalecer as veias e as artérias, possibilitando que o sangue circule melhor e alcance com maior facilidade as zonas erógenas. Ainda faltam ensaios clínicos para afirmarmos que a nossa bebida favorita é realmente afrodisíaca, porém, os indícios de que o vinho tem esse poder são indiscutíveis.

E quais são os vinhos mais estimulantes? Os elaborados com a Pinot Noir, que reúnem, naturalmente, grande parte dos principais aromas afrodisíacos e qualquer outro que os tenha em abundância. Selecionamos alguns rótulos afrodisíacos para você experimentar! Confira ao lado!

Dica de leitura:  Você conhece a taça ISO?

 

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Bia Miranda

Redatora e revisora da Wine, além de perdidamente apaixonada - e curiosa - pelo mundo do vinho.