Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Dicas

Sem erro: 7 vinhos para acertar no brinde de Ano Novo

10 dezembro 2021
  • 30 visualizações
  • 0 comentários

Opção preferida para a noite de virada de ano, o espumante também pode dividir espaço com outros tipos de vinho. Confira as dicas do time Wine para o brinde de Ano Novo!

Opção preferida para a noite de virada de ano, o espumante também pode dividir espaço com outros tipos de vinho. Confira as dicas do time Wine para o brinde de Ano Novo!

Época preferida de muitos festeiros, o fim do ano nos inspira a celebrar o encerramento de mais um ciclo, e nos estimula a começar a fazer planos e listas de desejos para o ano que está por vir. 

E, quando o assunto é virada de ano, os vinhos não podem ficar de fora do planejamento!

Dos vinhos brancos aos espumantes, todos têm um espaço garantido à mesa, e é por isso que reunimos dicas para ninguém cometer aqueles deslizes indesejáveis durante a noite de Ano Novo!

O espumante é o mais pedido da época, e encanta a todos os apreciadores de um bom vinho principalmente por suas borbulhas. Durante a virada para o Ano Novo, a bebida torna-se protagonista dos brindes que dão as boas vindas à temporada. 

Além do espumante, há também opções de vinhos brancos que podem figurar bem ao lado de entradinhas, petiscos e saladas, enquanto tintos leves podem acompanhar os pratos principais que costumam integrar o menu de Ano Novo.

Dica de leitura: Conheça as principais características da uva Malvasia

Para aproveitar da melhor maneira o potencial das bebidas escolhidas, é preciso ter atenção a alguns detalhes, como a temperatura de serviço dos vinhos, as taças adequadas para cada um, e até mesmo os pratos escolhidos para o cardápio da noite. 

Quer saber o que fazer para acertar em cheio no brinde de Ano-Novo? Confira!

1. Fique de olho na doçura do espumante!

Os espumantes estão entre os produtos mais requisitados nesta época, para brindar o fim de mais um ano.

Para não errar, precisamos lembrar que a bebida recebe classificações diferentes, de acordo com a graduação de açúcar de sua composição.

A regulamentação destes detalhes é prevista em legislação específica, que varia de acordo com o país de produção da bebida. 

No Brasil, os espumantes são classificados da seguinte forma: 

  • Nature: até 3 gramas de açúcar a cada litro
  • Extra-brut: entre 3 e 8 g/l
  • Brut: superior a 8 e até 15 g/l
  • Sec ou Seco: superior a 15 e até 20g de açúcar por litro
  • Demi-sec (ou meio-doce/meio-seco): entre 20 e 60g de açúcar por litro
  • Doce: superior a 60 g/L de açúcar.

É importante ressaltar também que o grau de açúcar não indica que um vinho é de maior ou menor qualidade.

A classificação serve para sinalizar os estilos dos vinhos, elaborados para atender aos mais diversos tipos de paladar

Entre as sugestões dos winehunters que fazem parte do time Wine, estão o Chandon Rosé Brut, com corpo leve para médio; e o Espumante Gran Legado Moscatel, opção doce com boa cremosidade. Os dois são produzidos no Rio Grande do Sul.

2. Aposte também em outras alternativas 

Já sabemos que a água é indispensável para molhar o paladar dos convivas entre uma taça e outra, mas também é preciso ter atenção a outras bebidas para a noite. 

Também é bom ter sempre ao menos uma opção de suco ou refrigerante, caso haja crianças na confraternização.

Se for servir apenas vinho, de bebida alcoólica, comece pelos mais leves (brancos) e priorize o espumante para o momento do brinde da virada. 

Dica de leitura: Os efeitos do álcool no organismo (e como evitá-los)

Frutado e com boa acidez, o Secreto Eterno Sauvignon Blanc 2019 pode ser uma boa pedida para começar a noite, assim como o Finca Martha Semillón 2020, de acidez leve e notas cítricas.

Os brancos e rosés, aliás, são sempre indicados para este período no Brasil, por conta dos dias quentes de verão.

Fresco e frutado, o Enclos du Wine Hunter Bordeaux Rosé 2019 tem boa presença na boca e também pode ser uma opção para brindar na ceia.

3. Combine os pratos com os vinhos escolhidos

Entre os espumantes, o mais versátil é o brut, que pode acompanhar frituras e carnes leves, e também vai bem com pratos principais, como massas e carnes. 

O Espumante Louis Bouillot Blanc De Noirs Brut, por exemplo, é uma dica certeira para quem não abre mão de pratos com bacalhau no jantar de Ano-Novo.

Para a sobremesa, dê prioridade aos espumantes demi-sec ou doces, que vão combinar com bolos, mousses e outras doçuras à base de frutas. 

O chileno Dancing Flame Moscatel é indicado para acompanhar panetones, tortas, bolos e outros doces, como abacaxi flambado ao rum com sorvete de coco.

Mulher servindo vinho ilustra post sobre vinhos para ano novo


4. Atenção à temperatura das bebidas

Para quem está acostumado a beber vinhos com frequência, não é segredo que a experiência sensorial é ainda mais rica quando a bebida é servida na temperatura ideal indicada pela vinícola fabricante. 

Na hora de ajustar tudo para receber seus convidados, preste atenção: os vinhos brancos, rosés e os espumantes podem ser acondicionados junto com as cervejas, para irem à taça bem gelados, como manda a tradição nos dias quentes de verão.

Já os vinhos tintos, se houver, podem ser apenas resfriados algumas horas antes do consumo.

5. Leve em conta o gosto de seus convidados

Antes de escolher os rótulos para brindar a chegada do novo ano, é preciso levar em consideração o gosto de quem vai estar presente na festa. Afinal, a intenção é que todos celebrem e fiquem satisfeitos!

Caso vá receber convidados de fora da família, calcule também com um pouco de folga a quantidade de bebida para cada um. Por precaução, avise sobre as bebidas escolhidas.

6. As taças corretas fazem toda a diferença

Pode parecer excesso de zelo, mas acredite: a taça correta de espumante faz com que a bebida mantenha seus aromas e as borbulhas por mais tempo.

Ou seja, beber vinho na taça adequada faz toda a diferença também na noite de Ano-Novo!

Além de valorizar os aromas, o formato do recipiente permite o contato do líquido com o ar na medida ideal.

Levando em conta as características de cada tipo, a taça mais indicada para tomar vinho espumante é aquela mais fininha, chamada flûte (flauta, em francês).

As de bojo mais arredondado podem servir para tintos e brancos.

7. Evite sacudir a garrafa de espumante antes de abrir

As garrafas de espumante têm uma concentração muito alta de gás. Ao balançá-las, você acaba causando a perda de boa parte da bebida ao abrir.

A gente sabe que o ato pode até ser emocionante, mas ninguém quer desperdício, né? Então tente segurar a emoção e evite!

A melhor maneira de abrir a garrafa é segurando-a pelo fundo, nunca pela lateral, formando um ângulo de 45 graus. Primeiro, retire o arame que protege a rolha, chamado gaiola.

Em seguida, segure a rolha com o polegar, para evitar que ela se desloque, e vá girando a garrafa bem devagar, com cuidado, até abrir. 

Agora que já sabe as dicas principais para acertar em cheio no brinde de Ano-Novo, que tal aprender mais sobre a enologia brasileira?

Escute já o episódio #71 do Wineverso Podcast, e entenda mais detalhes sobre a produção local! Dê play e feliz Ano-Novo!

Escrito por: Wine