Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Dos vinhedos às adegas: conheça as profissões do mundo do vinho

14 dezembro 2021
  • 58 visualizações
  • 0 comentários

Do vinhedo até a adega, diversos profissionais diferentes são envolvidos durante o processo de produção dos vinhos. Saiba um pouco mais sobre as profissões ligadas à nossa bebida favorita!

O interesse dos brasileiros por vinhos vem crescendo ano após ano, conforme apontam pesquisas de instituições especializadas.

Segundo levantamentos mais recentes, houve um aumento de até 40%, em média, tanto no volume de consumo de vinhos, quanto no valor gasto pelas pessoas com os rótulos e outros produtos relacionados.

Mas você conhece os profissionais que movimentam esse setor?

Desde a vinha, ainda com as uvas, até chegar às prateleiras das lojas Wine, o caminho que o vinho percorre é longo, e dividido em diversos processos.

Ouça também: Wineverso PodcastEntendendo a profissão sommelier

Cada fase é conduzida e executada por profissionais devidamente capacitados para as funções. 

Abaixo, conheça mais sobre as profissões do mundo do vinho!

Viticultor

A viticultura é a ciência que envolve o cultivo da uva, que pode ser produzida para o consumo natural, para a produção de sucos, geleias, uvas passas ou para a elaboração de vinhos. 

Ou seja, o viticultor é o profissional da agricultura que trabalha diretamente com a plantação, o cultivo e a colheita das uvas.

Entre as atividades desempenhadas pelos viticultores, estão estudar, reconhecer e preparar o solo para receber as vinhas, além de analisar e colocar em prática técnicas de irrigação e drenagem, conhecer as variedades e as especificidades de cada planta. 

Também é primordial que um viticultor saiba a melhor maneira e técnica de colher a fruta, de forma a agredir o mínimo possível os bagos das uvas. 

Isso influencia, mais tarde, na qualidade dos vinhos. 

Imagem de viticultor ilustra post sobre profissões do mundo do vinho

Engenheiro agrônomo

As atividades de um engenheiro agrônomo, como se sabe, estão ligadas à engenharia rural.

Entre as principais, estão acompanhar fases de cultivo, desenvolver instalações e construções rurais, trabalhar para desenvolver a irrigação agrícola, promover a sustentabilidade no cultivo, atentar-se ao controle de pragas, entre outras funções semelhantes. 

Geralmente, no caso do setor vinícola, os engenheiros agrônomos podem trabalhar alocados nos próprios vinhedos, ou podem prestar consultorias pontuais, dependendo das demandas dos viticultores

Enólogo

Profissional mais conhecido na elaboração de um vinho, o enólogo é insubstituível! É ele quem define o estilo que cada rótulo terá, quais uvas serão utilizadas, e como será o amadurecimento daquele exemplar. 

Além disso, o enólogo supervisiona cada etapa ativamente, fazendo as intervenções que julgar necessárias na produção dos vinhos. 

Um bom enólogo conhece as fórmulas específicas para chegar ao melhor resultado em cada vinho, e também domina os termos específicos das etapas de produção. 

Dica de leitura: Os efeitos do álcool no organismo (e como evitá-los)

Geralmente, os enólogos atuam em conjunto com os engenheiros agrônomos, e ambos seguem sempre em busca da transformação da uva em vinho da melhor forma.

Para desempenhar a função de enólogo, é necessário buscar cursos profissionalizantes específicos. Dependendo da cidade, existem opções de tecnólogos e de graduação na área. 

Durante o curso, o enólogo em formação aprende sobre entomologia, vinificação, controle de qualidade, análise sensorial dos vinhos e outros assuntos ligados ao universo da bebida. 

No mercado de vinhos, existem diversos nomes de destaque que desempenham ou desempenharam a função de enólogo com maestria, construindo legados em vinícolas mundo afora. 

No Brasil, Firmino Splendor faz história na região Sul, estudando com afinco o assunto há décadas e passando o conhecimento a outras gerações. No exterior, Michel Rolland é um dos nomes com mais reconhecimento atualmente.

Gerente de cave ou cavista

Uma das etapas de produção dos vinhos é o armazenamento, feito em adegas e/ou caves preparadas cuidadosamente pelas equipes de cada vinícola. 

O gerente de caves, ou simplesmente cavista, é o profissional responsável por cuidar deste armazenamento, como o próprio nome sugere.

Junto ao enólogo, o gerente de caves faz a supervisão dos vinhos no momento em que eles passam pelo envelhecimento, fase essencial para que a bebida desenvolva seus aromas e sabores. 

Dica de leitura: 10 vinhos imperdíveis para mulheres empreendedoras

Para isso, o cavista precisa ter o conhecimento necessário para gerir o amadurecimento dos vinhos, controlando e observando o processo, sempre em busca do equilíbrio entre as características principais da bebida. 

Sommelier

Mais um profissional indispensável quando o assunto são os vinhos, o sommelier é responsável por descobrir e explorar o potencial de cada exemplar. 

O termo “sommelier” é usado desde a Idade Média, quando designava os trabalhadores que transportavam pipas para castelos e palácios. No Brasil, a profissão foi regulamentada em 2011. 

Além de trabalhar para vender o vinho, o sommelier se esforça para encantar o cliente pelos rótulos, com atenção ao gosto e às necessidades de cada cliente, sugerindo harmonizações e combinações.

É o sommelier quem constrói as cartas de vinhos em estabelecimentos como restaurantes, pizzarias, adegas, e mais. 

No dia a dia, é ele quem vai saber indicar o melhor vinho para cada ocasião.

Winehunter

Assim como quem desempenha a função de curador de arte, que seleciona as melhores obras para uma exposição em galeria, o winehunter é quem busca os melhores vinhos mundo afora, direto com os produtores espalhados pelos continentes.

Traduzindo de maneira livre, winehunter é o “caçador de vinhos”. É o profissional que atua, por exemplo, em um dos principais pilares do Clube Wine, que é a curadoria. 

Os winehunters do time Wine degustam, por ano, cerca de três mil exemplares, e os submetem a uma análise criteriosa. 

Os profissionais que trabalham como winehunters buscam produtores de vinhos, entram em contato, vão até os locais, fazem prova dos rótulos, levam os exemplares para análises específicas em laboratório e, ao fim do processo, decidem se aqueles vinhos podem ou não fazer parte de determinado mercado. 

Mais profissões ligadas ao universo dos vinhos

Viveirista: quem se dedica a produzir mudas de plantas vendidas a viticultores

Tanoeiro: profissional da marcenaria especializado em fabricar os tonéis de madeira usados para o amadurecimento dos vinhos

Colhedor: agricultor que reforça as vinhas principalmente em época de vindima, de modo temporário para colher uvas

Degustador: quem prova e julga vinhos, de forma interna, nas vinícolas, ou em concursos do segmento

Agora que já sabe mais sobre as profissões que existem no mundo dos vinhos, acesse a Winepedia e entenda mais detalhes sobre a graduação alcoólica dos mais variados tipos de rótulos! Saúde!

Escrito por: Wine