Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Curiosidades

Suco de uva e vinho: quais as diferenças e semelhanças?

13 abril 2022
  • 371 visualizações
  • 0 comentários

Embora derivadas da mesma fruta, as bebidas têm diferenças no modo de produção, e semelhanças principalmente nos benefícios à saúde. Saiba mais!

Já se perguntou quais são as semelhanças e as diferenças entre o suco de uva e vinho tradicional? Será que o processo de produção é parecido? As bebidas têm a mesma origem?

Reunimos aqui tudo o que você precisa saber sobre a relação entre as duas bebidas, que figuram entre as mais consumidas e queridas pelos brasileiros. 

Segundo alguns registros da mitologia persa, o vinho teria surgido por volta do ano 6.000 a.C, época em que a terra foi governada pelo rei Jamshid, por cerca de três séculos.

Dica de leitura: Vinho dá dor de barriga?

Diz a lenda que Jamshid ordenava que os plebeus guardassem as uvas em jarros, para que a côrte comesse as frutas também na entressafra.

Mas, para impedir que os súditos consumissem as uvas, Jamshid fez com que eles acreditassem que o líquido da uva fermentada era semelhante a um veneno e, quem não fosse da família real e ainda assim fizesse consumo, poderia morrer intoxicado.

Certa vez, uma das habitantes do reino quis tentar o suicídio e arriscou beber o líquido. Porém, depois do consumo apenas se sentiu alterada e eufórica e, mais tarde, sentiu sono

Depois disso, reza a lenda, todos descobriram o vinho e o rei decretou que a bebida fermentada fosse produzida em grandes quantidades.

Não existem comprovações de que a história da origem do vinho seja verdadeira, mas depois de tanto tempo passado, podemos afirmar que nossa bebida preferida atravessou civilizações, correu o mundo e atualmente é sucesso indiscutível. 

Já o suco de uva não tem uma lenda para chamar de sua. Estima-se que a bebida tenha surgido tempos depois do vinho, mas não há dados exatos sobre a data.

Com a modernidade e a tecnologia, hoje em dia o suco de uva integral é produzido com esmero por boa parte das vinícolas, tanto as brasileiras quanto as de fora, com a ajuda de tanques de aço inoxidável e misturadores de alto rendimento.

Acredita-se que o suco de uva, semelhante ao que conhecemos, tenha origem na Grécia e na Roma antigas.

Ouça também: As uvas e a produção de vinhos de Norte a Sul do Brasil

Mas antigamente, o suco da fruta não era conservado na forma integral que consumimos hoje. A conservação só foi possível após pesquisas feitas pelo ilustre químico francês Louis Pasteur, responsável por idealizar a técnica de pasteurização. 

Em outro tempo, o suco de uva era mais espesso, e as pessoas costumavam usá-lo como fazemos com o mel, para adicionar doçura aos alimentos, no preparo de sobremesas e outros doces. Com os avanços e o passar dos anos, o suco de uva integral tomou a forma atual.

Existem informações de que, nos Estados Unidos, um dentista de Nova Jersey, Thomas Welch, teria processado suco de uma pela primeira vez no final dos anos 1860, depois de colher uvas do próprio quintal com a esposa e o filho. 

Welch extraiu o suco da fruta macerada por meio de bolsas de pano, e armazenou o líquido em garrafas de vidro. Foi a comprovação de que os experimentos de Pasteur haviam prosperado e, depois disso, a fabricação industrial de suco pôde ser expandida.

Dica de leitura: Tudo o que você precisa saber sobre a cor do vinho

Já em terras brasileiras, assim como aconteceu com o vinho, a produção de suco de uva deu-se após a chegada dos colonizadores, principalmente os italianos.

As primeiras localidades a ter produção do suco de uva em maior escala foram cidades como Garibaldi, Caxias do Sul e Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha.

Hoje, os tanques de aço inoxidável são refrigerados, e servem tanto para a produção do vinho, quanto para a fermentação e armazenamento do suco, o que facilita o dia a dia dos produtores.

Curiosidades sobre suco de uva integral e vinho

O suco de uva integral é feito a partir do cozimento das uvas de mesa, com ou sem a adição de açúcar. Depois de cozidas, as frutas são maceradas, pasteurizadas e, posteriormente, o suco é engarrafado.

Já o vinho é produzido com as uvas Vitis vinifera, mais nobres, que são colhidas e esmagadas antes de passar pelo processo de fermentação.

Conheça abaixo mais informações sobre as duas bebidas derivadas da uva!

  • Segundo registros feitos pela Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa), a quantidade de suco de uva integral vendido no Brasil supera os 200 milhões de litros ao ano, e registra crescimento constante
  • A média de consumo de suco de uva no Brasil é de cerca de 1,2 litro por ano, relativamente baixo ainda, segundo os especialistas, que veem espaço para crescimento no setor
  • Ainda de acordo com a Embrapa, em 2018, metade das uvas produzidas no Brasil eram destinadas à produção de suco integral, e metade para a produção de vinhos. Cerca de 15 anos antes, a proporção era bem diferente: aproximadamente 78% das uvas processadas no Rio Grande do Sul em 2004 tornavam-se vinho, e o restante virava suco
  • O aumento no consumo do suco de uva entre os brasileiros favoreceu bastante os produtores, que puderam aproveitar variedades de uvas que eram consideradas “menos nobres” para a elaboração dos vinhos finos. Entre os produtores que se destacam no Brasil, estão a Salton e a Miolo, por exemplo
  • Assim como o vinho tinto, que é rico em flavonoides, o suco de uva integral também tem alta concentração das substâncias, que atuam como antioxidantes e anti inflamatórias no organismo dos seres humanos
  • Os antioxidantes presentes no vinho e no suco de uva contribuem para a prevenção de doenças cardiovasculares, para a redução do mau colesterol e para a diminuição da pressão arterial, entre outros benefícios
  • Os nutrientes estão presentes, em sua maior parte, na casca das uvas tintas, comumente encontradas nos vinhedos da Serra Gaúcha e utilizadas tanto na produção do suco integral de uva, quanto dos vinhos
  • O suco de uva também funciona como estimulante do sistema digestivo, auxiliando na aceleração do metabolismo e na eliminação do ácido úrico do organismo
  • Outro antioxidante bastante comum no suco de uva e nos vinhos, o resveratrol ajuda a ativar proteínas que fazer a manutenção das células, tornando o envelhecimento mais lento
  • Em geral, o suco de uva integral é uma bebida popular, que vem ganhando o gosto do público a cada ano. Mas é importante diferenciá-lo dos sucos de caixinha, ok? Fique sempre atento aos rótulos e às informações nutricionais!

Agora que sabe os detalhes sobre suco de uva e vinho, que tal conhecer o Wineverso Podcast, seu novo guia pelo incrível mundo do vinho? A cada semana, um novo episódio nas principais plataformas de streaming!

Escrito por: Wine