Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Enoturismo

Vinícolas familiares unem tradição e inovação mundo afora

28 agosto 2021
  • 86 visualizações
  • 0 comentários

Em vários vinhedos, a paixão pelo cultivo das uvas e pela produção dos vinhos é passada de geração em geração. Conheça histórias de quatro renomadas vinícolas familiares!

Cada vinhedo tem sua particularidade na hora de desenvolver um vinho, e muitos fatores podem influenciar neste processo de produção da nossa bebida preferida

O legado familiar é elemento-chave em diversas vinícolas mundo afora, que priorizam a paixão pelos vinhos que é passada de geração em geração.

Na tradição que reúne pessoas de diferentes faixas de idade e conhecimento, as famílias buscam cada vez mais o sucesso da bebida e a realização pessoal e profissional em suas propriedades.

Dica de leitura: Conheça alguns dos enólogos famosos no mercado de vinhos

Geralmente, as vinícolas familiares seguem uma receita de vinho padrão, desenvolvida cuidadosamente e aprimorada ao longo dos anos. Poucas coisas devem mudar ao longo do tempo. 

Dentro das vinícolas familiares, a estrutura costuma ser mais artesanal e a capacidade de produção pode ser reduzida, exceto no caso dos grandes grupos.

Uma tendência recente entre as empresas familiares que investem no mercado de vinhos é a atenção à sustentabilidade e às práticas que prezam pela preservação do meio ambiente, sem deixar a qualidade cair.

Conheça abaixo um pouco mais sobre quatro vinícolas familiares espalhadas pelo mundo!

Foto da família Muñoz ilustra post sobre vinícolas familiares

Foto família Muñoz (Las Perdices)

Viña Las Perdices: tradição no terroir mendocino

A vinícola Las Perdices está localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, mais especificamente na primeira zona de Denominação de Origem Controlada do continente americano, na cidade de Lujan de Cuyo, em Mendoza, Argentina

O projeto da Viña Las Perdices teve início a partir do sonho do espanhol Juan Muñoz López e de sua esposa, Rosario. Os filhos Nicolás, Estela e Juan Carlos também se dedicaram ao negócio que se tornou também paixão familiar. 

A família chegou à Argentina no início dos anos 1950, quando deixou a Andaluzia, na Espanha, em busca de outros horizontes para empreender. 

Por muitos anos, quase duas décadas, Juan, Rosario e os filhos trabalharam no cultivo e na comercialização de uvas. 

Depois, passaram a produzir vinhos sem marca própria, até que os irmãos Nicolás e Juan fundaram a Viña Las Perdices, em 2004, com foco nos princípios familiares. O trabalho prioriza cuidados manuais com as uvas e o respeito pelo meio ambiente.  

O resultado deste empenho é a realização de todos: a paixão pelo terroir expressa em vinhos fáceis de agradar, bons para degustar no dia a dia, em ocasiões descontraídas ou especiais.

Além dos exemplares homônimos, a vinha produz as linhas Perdigón, Abridor, Que Guapo e a Partridge, em parceria exclusiva com a Wine

Foto Miguel Torres

Viña Miguel Torres: família de raízes espanholas fincadas no Chile

Assim como a Las Perdices, a Viña Miguel Torres tem raízes espanholas. Mas a família Torres encontrou no Maule, na região central do Chile, as condições climáticas perfeitas para a vitivinicultura.

O grupo familiar, que já produzia vinhos na Espanha desde 1870, foi a primeira vinícola estrangeira a se estabelecer no Chile, ainda em 1979. 

Atualmente, a vinícola chilena dispõe de oito propriedades com características climáticas variadas no Vale de Curicó, o que permite a elaboração de uma seleção diversa de vinhos e espumantes conhecidos e respeitados no mundo inteiro. 

A administração hoje em dia está sob a responsabilidade de Miguel Torres Maczassek, da quinta geração da família.

A intenção principal do grupo é manter a tradição e a paixão pelo negócio, com atenção aos princípios da agricultura orgânica e sustentável, sem deixar de lado o espaço para a inovação que o mercado exige.

O Miguel Torres Gran Reserva Chardonnay 2018 é uma boa amostra do potencial dos vinhos feitos pela vinícola chilena, ideal para agradar os paladares mais exigentes.

Com corpo leve para médio, o Miguel Torres Hemisferio Sur Reserva Carménère 2019 costuma agradar enófilos iniciantes e veteranos. Pode acompanhar pizza de lombo ou um clássico espaguete ao molho sugo.

Vinícola Esteban Martín ilustra post sobre vinícolas familiares

Foto E. Martín

Esteban Martín: três gerações no melhor da Cariñena

Fundada em 2003, a vinícola familiar Esteban Martín tornou-se referência pelo pioneirismo na produção de vinhos orgânicos, veganos e sustentáveis na região de Aragón, na Espanha

A Esteban Martín reúne, hoje, três gerações da família na gestão da vinícola, e tem se destacado tanto no mercado interno espanhol, quanto no exterior. 

O reconhecimento se dá principalmente pelos processos inovadores e pela cadeia de produção que prioriza, acima de tudo, a sustentabilidade.

No total, o grupo familiar tem cerca de 400 hectares de vinhedos, onde cultiva as castas mais adequadas ao solo da Denominação de Origem Protegida (D.O.P) Cariñena, como Garnacha, Tempranillo, Merlot, Cabernet Sauvignon e Syrah

Para quem busca um tinto intenso bom para acompanhar carnes vermelhas, uma sugestão é o Esteban Martín Reserva D.O.P. Cariñena Garnacha Cabernet Sauvignon 2017, que tem aroma amadeirado, e no paladar apresenta boa acidez e final agradável.

Já para servir junto a um prato mais leve com peixes, mariscos ou carnes brancas em geral, experimente o Esteban Martín D.O.P. Cariñena Garnacha Rosado 2020, uma boa pedida para dias quentes.

Vinícola Gallo ilustra post sobre vinícolas familiares

Foto Gallo (Monte Rosso)

Gallo Winery: grandeza e legado que correm o mundo

Nos anos 1920, os Estados Unidos passaram por um duro período de Lei Seca, com a proibição da fabricação, do transporte, do consumo e da venda de bebidas alcoólicas em geral em todo o território.

Em 1933, perto da revogação da medida, os irmãos Ernest e Julio Gallo se juntaram para fundar a vinícola Gallo nas terras do pai, em Modesto, na Califórnia.

O negócio se expandiu com o passar dos anos e hoje a vinícola Gallo é considerada o maior grupo vitivinícola do mundo, reconhecida pelos rótulos de alta qualidade e pelas práticas sustentáveis e compromisso com o meio ambiente.

O grupo familiar tem mais de uma dúzia de vinícolas estrategicamente localizadas em toda a Califórnia e em Washington.

Há um esforço conjunto de todas as gerações envolvidas no trabalho para garantir que uma das mais de 90 marcas do grupo possa enriquecer uma ocasião especial por meio de uma boa garrafa de vinho.

Entre os destaques do portfólio da Gallo, estão as linhas Apothic, Dark Horse, Frei Brothers, MacMurray, William Hill e Bear Flag, entre outras.

Quer conhecer mais sobre o universo dos vinhos? Baixe já o aplicativo da Wine e acesse o Wineverso, o nosso portal de conteúdos exclusivos! Saúde!

Escrito por: Wine