Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Harmonização de A a W

6 vinhos perfeitos para brindar a chegada da primavera

24 setembro 2021
  • 1022 visualizações
  • 0 comentários

As cores e sabores da estação mais florida do ano combinam com vinhos rosés, vinhos brancos e espumantes, mas o vinho tinto também cai bem. Saiba mais e escolha o seu!

No Hemisfério Sul, damos as boas-vindas à primavera sempre no dia 22 de setembro. 

Na prática, aqui no Brasil a estação costuma ser uma fase de transição entre o inverno e o verão, trazendo dias de temperaturas amenas, mais quentes que no inverno, mas ainda não tão intensas quanto no verão.

A estação também é marcada por mais chuvas, e mais cores e flores nos jardins de diversas regiões. Os dias mais amenos e agradáveis pedem vinhos à altura, capazes de acompanhar as características da temporada. 

Os vinhos rosés são uma das principais indicações para a época, pelo frescor e pela versatilidade. Os aromas frutados e a acidez mais equilibrada dos rosados também são a cara da primavera. 

Dica de leitura: Os encantos e a delicadeza da Pinot Noir

Os vinhos espumantes e os vinhos brancos também são escolhas acertadas para a primavera. 

Em geral, são bebidas leves, com boa acidez e bastante frescor, características que combinam tanto com a condição climática da estação, quanto com os pratos que costumam ser mais consumidos nesta fase:

  • Preparos com legumes variados, como ratatouille, caponatas e saladas frias ou quentes;
  • Pratos com peixes leves como tilápia, mas também com peixes mais gordurosos como o salmão;
  • Frutos do mar em geral;
  • Frango em diferentes versões (assado, frito, grelhado…)

Embora muita gente pense que não, os tintos também têm seu espaço na primavera. Basta escolher um exemplar jovem, menos amadeirado, para que a experiência sensorial seja ainda mais marcante durante a estação.

Abaixo, confira nossa seleção de vinhos perfeitos para serem apreciados na primavera. São opções para agradar a todos os tipos de paladar!

1. Root: 1 Reserva Rosé 2020

Jovem, fresco e fácil de beber, é um exemplar que vem de vinhas sustentáveis certificadas, e que combina com qualquer momento. 

Elaborado a partir da uva Syrah, este rosé chileno é ideal para ser apreciado a 8 °C. Ou seja, uma boa pedida para refrescar o paladar em dias quentes. 

Traz aromas de frutas vermelhas como morango e framboesa, e na boca tem boa acidez. Acompanha bem os pratos com peixes mais gordurosos (como salmão), além de mariscos em geral, queijos, massas e outras opções leves como legumes ao vapor e frango grelhado.

2. The Wine System Rosenium D.O. Navarra 2020

Um rosé espanhol preparado com a Garnacha, bastante cultivada em determinadas regiões do país. Tem potencial de guarda de até três anos, e é bom para ir à taça a uma temperatura de 9 °C. 

Ouça também: Wineverso Podcast ep. #65 – Descomplicando as harmonizações

Os aromas lembram frutas vermelhas, morango e flores, combinando perfeitamente com a nova estação. É um vinho frutado e fresco no paladar, com final agradável. 

Para harmonizar, são boas dicas: pizza marguerita, coxinha de frango, mix de cogumelos, quiche de espinafre e presunto, moqueca baiana, camarão alho e óleo, ou tomates recheados. Versátil!

3. Carpineto Dogajolo I.G.T. Toscano Rosato 2019

A cara da primavera, este rosé italiano da Toscana já demonstra isso em um belo rótulo ilustrado com flores.

Produzido a partir de um blend entre as uvas Canaiolo e Sangiovese, tem aromas de frutas vermelhas frescas (morango e groselha) e toques florais. 

É um vinho com ótimo potencial gastronômico. Tem boa acidez no paladar e é indicado para acompanhar ceviche de camarão, bobó de frango, penne ao alho e óleo, legumes na manteiga ou peixe com fritas. 

4. Espumante Manos Negras Extra Brut

Este rótulo argentino é preparado com a Chardonnay pelo método Charmat longo, em que fica descansando por mais tempo com as borras em tanques de aço inox para ganhar complexidade e cremosidade.

Com bom custo-benefício, é um vinho inigualável, com potencial de guarda de até três anos. No olfato, os aromas florais se misturam ao de frutas cítricas e a um leve toque mineral. 

O paladar é fresco e frutado, com persistência longa. À mesa, combina com sushi, tilápia com crosta de amêndoas, peito de frango ao limone, e com ravióli de queijo de cabra com amêndoas. 

5. Apothic White 2020

Este vinho é um blend entre as uvas Pinot Grigio, Chardonnay e Riesling. Uma bebida envolvente e descomplicada, assim como os vinhos típicos da Califórnia.

As notas florais oriundas da Riesling se unem aos aromas de frutas cítricas amarelas como pêssego e damasco. Na boca, é redondo, com acidez presente e refrescante, e doçura bem discreta. 

Vale apostar em pratos com acidez marcada ou em frituras, já que a acidez do vinho ajuda a limpar a boca. Experimente servir o Apothic White 2020 com tomates recheados, porções de frango frito ou com risoto de limão siciliano com cogumelos. 

6. Espumante Fantinel D.O.C. Prosecco Extra Dry

Mais um exemplar elaborado pelo método Charmat, este prosecco tem ótimo frescor e um sabor frutado delicioso. É feito com a uva Glera na região do Friuli, na Itália, de onde vêm alguns dos melhores vinhos brancos e espumantes do mundo, e já foi pontuado por James Suckling.

No olfato, se sobressaem as notas florais e de frutas cítricas. O paladar é leve, refrescante e frutado, ideal para uma degustação com frutos do mar, tartar de peixe, ou mesmo com pratos da culinária oriental. Espaguete ao pesto e pizza marguerita também são boas pedidas.

E agora, qual a sua aposta favorita de vinho para brindar a chegada da primavera? Baixe já o app Wine e aproveite promoções exclusivas, além de ficar por dentro de tudo sobre o universo dos vinhos!

Escrito por: Wine