Abrir Menu Fechar Menu Abrir Campo de Pesquisa Fechar Search
Vinhos

Vinho orgânico: dos diferenciais aos melhores rótulos

24 dezembro 2021
  • 295 visualizações
  • 0 comentários

Produzidos com uvas cultivadas a partir da agricultura orgânica, como o próprio nome sugere, os vinhos orgânicos têm ganhado cada vez mais espaço nas adegas, demonstrando a preocupação das vinícolas com a sustentabilidade e com a demanda do mercado. Leia mais!

Cada vez mais discutido em todo o mundo, o uso de compostos químicos vem sendo superado em diversas vinhas mundo afora. 

Uma prova disso é a presença de mais rótulos de vinhos orgânicos disponíveis nas adegas e prateleiras, o que demonstra que vinícolas estão alinhadas às demandas do mercado e dos consumidores e também às discussões sobre sustentabilidade.

Mas, afinal, o que é vinho orgânico? Os vinhos orgânicos são preparados a partir de uvas cultivadas e colhidas, como sugere o próprio nome, por meio da agricultura orgânica.

Dica de leitura: Um vinho para cada vantagem de pagar com Pix

Ou seja, durante o processo, não são utilizados produtos como agrotóxicos e outros químicos nocivos. 

O manejo das uvas é feito de forma natural, de forma a estimular o equilíbrio biológico para evitar o surgimento de insetos, fungos e outras ameaças aos vinhedos.

Entre os principais cuidados está o solo, e os produtores de vinhos orgânicos evitam substâncias que não sejam de origem natural para ajustar a vinha e o terreno.

A regulamentação dos vinhos orgânicos pode variar de acordo com o país de produção. 

Existem locais que vetam o uso de aditivos químicos durante o processo, enquanto outros permitem que as vinícolas usem acidificantes e conservantes.

Principais diferenciais do vinho orgânico

Existem variados benefícios para quem está interessado no consumo de vinhos produzidos a partir da agricultura orgânica

  • Uso de mais insumos naturais na produção

As uvas cultivadas da maneira comum, não orgânica, não têm muito fermento natural, por conta dos aditivos químicos pesticidas utilizados nos vinhedos.

Já nas uvas orgânicas, a levedura natural é liberada com mais intensidade no momento do esmagamento, acelerando o processo de fermentação.

  • Menos quantidade de sulfitos

Utilizados para estabilizar e conservar os alimentos, os sulfitos são compostos de enxofre que se potencializam durante a fermentação.

Os vinhos orgânicos podem conter sulfitos surgidos naturalmente no processo, que vão auxiliar na conservação da bebida, mas os produtores trabalham com quantidades de aditivos menores que o de costume (na produção de vinhos não orgânicos).

  • Contribui para a preservação do meio ambiente

O plantio de uvas orgânicas não permite o uso de pesticidas, herbicidas, fungicidas e fertilizantes sintéticos ou químicos. 

Além disso, o cultivo orgânico das uvas estimula a diversidade biológica do ecossistema do vinhedo e aplica práticas sustentáveis em relação aos recursos naturais não-renováveis, como a água.

Vinho orgânico à venda na Wine

Confira abaixo as sugestões de vinhos orgânicos disponíveis tanto no site da Wine quanto nas lojas físicas.

Os exemplares foram cuidadosamente selecionados pela equipe de winehunters ao redor do mundo. 

São rótulos de vinho tinto, branco e espumante produzidos de maneira orgânica, que atendem a todos os tipos de paladar e oferecem a melhor experiência em aroma e sabor.

Vik A Limited Edition Cabernet Sauvignon 2020

Elegante, com mineralidade notável no paladar e sensação sedosa única na boca, é um vinho com estrutura firme, taninos suaves e acidez equilibrada. 

O blend é dividido em 85% Cabernet Sauvignon e 15% Carménère, variedades cultivadas cuidadosamente no Valle del Cachapoal, no Chile. 

Dica de leitura: Sustentabilidade na produção de vinhos

Este rótulo passa por amadurecimento de 20 meses em barris de carvalho francês, e tem potencial de guarda de até sete anos. 

Os aromas lembram frutos negros e vermelhos, frutas secas e notas de especiarias frescas. É um bom exemplar para acompanhar stinco de cordeiro, risoto de bacon, penne ao pomodoro e lasanha de berinjela com queijo. Sirva-o a uma temperatura de 16 °C.

Vik 2014

A união entre as uvas Cabernet Franc, Carménère, Merlot, Syrah e Cabernet Sauvignon resulta em um vinho com aromas de frutas vermelhas e negras maduras, que encanta pelo paladar sedoso, fino e único.

Os rótulos Vik são assinados pelos renomados enólogos Patrick Valette e Cristian Vallejo e seus vinhedos estão plantados no Vale do Millahue, cerca de 200 quilômetros ao sul de Santiago.

O Vik 2014 é amadurecido durante 20 a 24 meses em barricas de carvalho francês, seguido por 24 meses em garrafas, nas caves. Ainda tem potencial de guarda de até nove anos. 

No paladar, apresenta taninos maduros e final elegante, sendo um bom rótulo para acompanhar pratos como plateado chileno, mignon ao molho madeira com purê de mandioquinha, risoto de cogumelos, bife ancho com legumes e carnes vermelhas preparadas na brasa.

Esteban Martín Reserva D.O.P. Cariñena Garnacha Cabernet Sauvignon2017

Um exemplar espanhol pontuado, com medalhas e premiações, que une o moderno ao tradicional, com a melhor expressão das uvas Grenache e Cabernet Sauvignon, cultivadas de maneira orgânica.

Direto da região de Cariñena, onde reina a Grenache, este vinho passa 14 meses em barricas de carvalho para amadurecimento, quando ganha notas de frutas negras, cacau e leves toques de madeira.

A temperatura ideal de serviço é 16 °C, para acompanhar pratos como escalope de mignon ao molho madeira, picanha assada, pasta alla norma, paella vegetariana, pizza de lombo defumado e queijos semiduros. 

Os especialistas da Wine indicam ao menos 30 minutos de decantação antes do consumo. 

Esteban Martín D.O.P. Cariñena Chardonnay Macabeo Blanco 2020

Um blend inusitado mas que faz muito sucesso no portfólio da Esteban Martín. Chardonnay e Macabeo juntas formam um vinho aromático, cheio de frescor e harmonia, com final persistente na boca. 

É uma boa dica para um piquenique no parque ou para uma refeição descontraída com amigos ou familiares.

Além de ser elaborado com uvas cultivadas de forma orgânica, é também produzido de acordo com práticas veganas, ou seja, sem uso de produtos de origem animal.

As notas olfativas que se destacam lembram frutas tropicais e flores brancas. 

Surpreenda os convivas ao servi-lo com bolinho de risoto, crepes com diferentes recheios, bruschettas, canapés, ou pratos principais como espaguete ao molho branco, quiche de espinafre ou moqueca de camarão. 

Dadá Nº 3 Art Wine Cabernet – Syrah 2020

Um vinho feito para surpreender os sentidos dos enófilos com uma experiência única a partir das uvas Cabernet Sauvignon e Syrah.

Desafiando o modo tradicional de se fazer vinho, a Finca Las Moras utiliza barricas de carvalho com intensidades variadas de tosta para acentuar as notas de cada variedade. 

Com aroma intenso de frutas negras, especiarias, pimenta e canela, tem corpo médio, com taninos presentes e boa complexidade no paladar. 

É indicado para ir à mesa com massas com molhos mais condimentados, churrasco e hambúrguer de costela com molho barbecue. 

Dadá Nº 391 Art Malbec 2020

Mais um vinho argentino da linha Dadá, um lançamento da Wine, desta vez elaborado com a variedade Malbec, uma verdadeira pérola do terroir argentino.

Este exemplar é equilibrado, com taninos macios e bem integrados, e breve passagem por carvalho. Tem potencial de guarda de até cinco anos. 

Os aromas se assemelham a cerejas e ameixas maduras, além de baunilha e cacau. O paladar é de corpo médio, com taninos suaves e bem integrados. 

Por ser um vinho frutado, pede pratos de intensidade parecida, como carnes assadas, empanadas de carne e risoto de funghi. 

Espumante Dadá Nº 7 White Sweet 2021

Uma surpresa agradável ao olfato e ao paladar, este vinho é vibrante, jovem, delicado e refrescante, indicado para dias de calor intenso. 

Elaborado com a variedade Torrontés, cultivada de forma orgânica no terroir de San Juan, é um espumante leve e versátil, com potencial de guarda de até três anos. 

Com borbulhas delicadas, é ideal para acompanhar à mesa refeições com sabor apimentado e molhos agridoces, além de sobremesas, frutas secas e queijos moles.

E você, já provou algum vinho orgânico? Fique por dentro de todas as novidades do universo dos vinhos por meio do Wineverso Podcast, seu novo guia sobre rótulos, enoturismo, uvas e muito mais! 

Escrito por: Wine